Economia

Estudo de universidade pernambucana constata que a acerola não perde n

Piauí Hoje
Fonte: Agência Brasil 23/11/2009 00:00 - Atualizado em 16/10/2016 06:18
Novos estudos da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) atestam que é possível consumir nutrientes mesmo nos modelos mais modernos de bebidas, especialmente se eles estiverem associados à acerola, campeã na presença da vitamina C (ácido ascórbico ou AA). Em uma mistura de 40% de acerola com 60% de abacaxi, a presença de AA será seis vezes mais alta do que só a da polpa do abacaxi. E ainda permanece com uma quantidade mais alta do que o organismo humano é capaz de absorver.Levantamento do departamento de ciências domésticas da UFRPE constatou uma variação de 700 a 1.500 miligramas de AA em 100 gramas de acerola, variando de acordo com o local, maneira de plantio e de variedade da fruta. "A recomendação de ácido ascórbico é de 50 miligramas por dia, então sobra na acerola", disse a coordenadora do mestrado de ciência e tecnologia de alimentos e orientadora das pesquisas, Maria Inês Sucupira Maciel. Os nutrientes também sobram na alimentação de Ana Medeiros e do filho Lucas, de 1 ano e 5 meses. Desde que ampliou o cardápio, ele segue o exemplo materno e toma sucos naturais - sem açúcar. Adora, inclusive, o de limão. "Ele nunca provou açúcar, então nem sabe a diferença. Tomo muito porque gosto mesmo, é uma questão de hábito", disse a mãe, contando que prefere os sucos de frutas naturais pela garantia da qualidade no manuseio. "Às vezes, é difícil garantir de onde vem a polpa."Naturais, as frutas parecem mais atraentes. Mas, no dia a dia, a praticidade dos sucos prontos vem aumentando o consumo. A pesquisadora esclareceu que, por essa razão, o departamento desenvolve pesquisas que possam apontar produtos de melhor qualidade e eficiência nutricional. "O processamento tem o objetivo de facilitar o dia a dia e tornar a vida das pessoas mais fáceis", destacou Inês. Os estudos mais recentes da universidade analisaram os valores nutricionais de néctares de acerola, cajá, abacaxi e manga, constatando que a acerola enriquece todas as misturas. Cada 100 gramas de acerola inclui de seis a 10 frutas, dependendo do tamanho, e ultrapassa até a laranja em AA.De acordo com a Embrapa do Rio de Janeiro, 100 gramas de laranja trazem 33 miligramas de vitamina C assim que o suco fica pronto, caindo em 76% o percentual de vitamina após quatro horas depois de espremido. "Natural, o suco vai perdendo os nutrientes aos poucos. Processado, como os de caixa, ele já perde um pouco durante o processo e conserva o restante depois de pronto", disse Inês. Ela destaca que a mistura entre frutas, além de possibilitar variações no sabor, resulta na variedade de benefícios. O abacaxi, por exemplo, é pobre em AA, mas tem boa quantidade de fenólicos e enzimas que ajudam a digestão. Já o cajá é uma fonte rica de pró-vitamina A (caroteno) e antioxidantes (bons para combater o envelhecimento precoce e o surgimento de doenças degenerativas).Uma mistura de 44% de cajá com o restante de acerola resulta em um suco cerca de 11 vezes mais forte em AA do que apenas o cajá. O mesmo acontece com a manga, que permanece com um teor de vitamina C de duas a três vezes maior em uma mistura com 50% ou 25% de acerola.No entanto, a professora ressaltou a importância dos consumidores ficarem atentos aos rótulos para garantir a qualidade dos produtos. No caso dos sucos prontos (os de caixa), esclareceu, o indicado é que não tenham conservantes nem corantes. "É preciso estar atento, pois alguns dizem que não têm corantes, mas têm aditivos. E se for polpa, elas devem estar congeladas, pois é o que garante a conservação", informou. Outro item que merece atenção é o modo de produção, que deve ser direto da polpa e não reconstituído (com adição de água). Entre os itens que devem estar presentes nos rótulos estão a tabela nutricional, a lista de ingredientes, o modo de conservação e a identificação de origem.Faça as contasPontencial das frutas*Acerola1.640 de Ácido Ascórbico (Vita C ou AA)3,73 de Antocianinas4,31 de Flavonóis1242,60 de Fenólicos13,33 de CarotenoidesCajá7,1 de AA11,57 de Flavonóis65,93 de Fenólicos23,17 de CarotenoidesAbacaxi110,2 de AA1,60 de Flavonóis69,47 de FenólicosManga99,80 de AA0,264 de Flavonóis161,4 de Carotenoides*mg para cada 100gSÃO BONS PARA: Estimular o sistema imunológico, combater os radicais livres, retardar o envelhecimento precoce e evitar o surgimento de doenças degenerativas, como as cardiovasculares e alguns tipos de câncer

Comentários

Matérias Relacionadas