Geral

Estudantes de Medicina cobram melhorias na Uespi

Os estudantes denunciam problemas estruturais, atraso de quatro meses nos salários dos terceirizados e dificuldade de acesso ao hospital escola
Fonte: Alunos do curso de medicina da Uespi | Editor: Alinny Maria 12/12/2018 10:37
Manifestação dos estudantes de medicina da UESPI Manifestação dos estudantes de medicina da UESPIFoto: Reprodução/WhatsApp

Os estudantes do curso de Medicina da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) realizaram uma caminhada na manhã desta quarta-feira (12) para reivindicar as condições precárias do Centro de Ciências da Saúde (CCS). Os alunos seguiram do CCS, situado na rua Olavo Bilac, até o Palácio de Karnak em busca de soluções.

Os estudantes denunciam problemas estruturais, atraso de quatro meses nos salários dos terceirizados e dificuldade de acesso ao hospital escola.

Manifestação dos estudantes de medicina da UESPI

O estudante de medicina da UESPI, Jonatas Dias, disse que a universidade não tem autonomia financeira. “O nosso orçamento é insuficiente para garantir professores em sala de aula, prática em laboratórios. Além disso, esse orçamento nunca é cumprido porque o governador sempre faz o corte desse orçamento que está previsto por não termos autonomia financeira. O orçamento que os deputados estaduais destinam para a UESPI é insuficiente para garantir a qualidade da universidade”, disse Jonatas.

O estudante denuncia ainda que somente no curso de medicina, nos últimos quatro anos, perderam mais de 10 professores efetivos, comprometendo as aulas de várias matérias. “Tem disciplinas que não temos nenhuma prática, como é o caso da disciplina de pediatria que a gente tem só aulas teóricas. A gente não consulta uma criança pelo fato de haver só um professor e ele não conseguir dá aula prática”, ressalta.

Manifestação dos estudantes de medicina da UESPI

Os estudantes informaram que vão à Assembleia Legislativa do Estado para solicitar um aumento para o orçamento de 2019. “Os nossos problemas só serão resolvidos se tiver destino orçamentário para contratar professor, para pagar os terceirizados, para ter reforma em sala de aula, contratação de técnicos, pagar as bolsas em dia, por fim, uma universidade só se faz se ela for boa para toda a comunidade acadêmica”, conclui o estudante.

Comentários