Educação

Estudantes de escolas estaduais fazem atividades voltadas à Páscoa

Ações solidárias, apresentações culturais e palestras fizeram parte das atividades de celebração da Páscoa.
Fonte: Governo do Estado | Editor: Redação 13/04/2017 10:55
Aluns levam alimentos para o centro Frederico Ozanam Aluns levam alimentos para o centro Frederico OzanamFoto: Divulgação

O Centro de Ensino de Tempo Integral (Ceti) Conceição Salomé e o Centro de Ensino de Tempo Integral (Ceti) Raldir Cavalcante Bastos, em Teresina, desenvolveram o projeto Páscoa Solidária, onde fizeram uma campanha de arrecadação de alimentos em benefício da Casa Frederico Ozanam.

Durante os meses de março e abril, os estudantes fizeram uma campanha de arrecadação de alimentos para composição de cestas básicas. Os alunos visitaram o abrigo, fizeram as doações, levaram presentes e muita alegria para os mais de 40 idosos que vivem na Casa.

Na cidade de Simplício Mendes, o CETI José Atanásio de Santana proporcionou aos alunos um dia de atividades voltadas à paz, com palestras, bate-papo com o diácono do município sobre o significado da Páscoa, além de sorteio de ovos de páscoa e um momento de integração com os pais. “Durante todo o dia falamos com os alunos à respeito da paz, seja ela no âmbito escolar, na família, no esporte, no trabalho e sobretudo a paz de espírito,” disse Socorro Soares, diretora da escola.

Em Piripiri, o Centro de Ensino de Tempo Integral José de Arimathea Tito também realizou atividades alusivas à Semana Santa. Os alunos apresentaram o espetáculo da Paixão de Cristo e encantaram a população com a desenvoltura cênica, como explicou a diretora da escola, Danielly Alves.

“Os alunos ensaiaram semanas para a apresentação teatral. Funcionários, pais e a comunidade, em geral, estiveram envolvidos com as ações. Tudo saiu como esperado e eles puderam aprender mais sobre o verdadeiro sentido da Páscoa,” afirmou. A apresentação iniciou na praça da cidade e se estendeu pelas ruas próximas à escola. O projeto foi organizado pelos professores das disciplinas de Ensino Religioso, Língua Portuguesa e Artes.

A Via Sacra também foi apresentada em Teresina pelos alunos do Centro de Ensino de Tempo Integral (Ceti) Didácio Silva. Nem a chuva que caiu sobre a cidade desanimou os mais de cem alunos, que encenaram a Paixão de Cristo na Praça do Mercado do Dirceu II.

"Esse ano todo o trabalho foi realizado pelos alunos, procuramos trabalhar só com eles para que assim, haja mais integração entre as turmas. Estamos em um momento de paz, amor e harmonia, quando precisamos refletir mais sobre o mundo que vivemos e as relações pessoais, e esse é um bom momento para isso", afirma o diretor do Ceti, Alberto Machado.

Com os ensaios iniciados no mês março, sob a orientação da professora da disciplina de artes, Francilúcia Guedes, os alunos e monitores do Ceti Moaci Madeira apresentam o musical Cristo Vive. O projeto envolveu nove turmas do centro de ensino, que transmitiram uma mensagem edificante sobre a Páscoa.

"Esse musical envolveu 60 alunos com a organização do teatro, dança e cenários. Tudo foi realizado pelos alunos que abraçaram o projeto e o resultado apresentado é um trabalho muito bonito e o mérito é todo deles", afirmou a professora. A dramatização foi apresentada pelos alunos e contou ainda com a palestra "O verdadeiro significado da Páscoa", ministrada pela professora e missionária, Sandra Soares.

Aluna do terceiro ano do Ensino Médio do Ceti Moaci Madeira, Bruna Gabriele, falou sobre a experiência de estar dentro de uma dramatização. "É uma experiência muito boa participar de um projeto como este, pois a Páscoa, muitas vezes, não tem o significado real para muitas pessoas, mas hoje estamos encenando o verdadeiro significado, a morte e ressurreição de Jesus. Estou me sentindo muito feliz por estar neste projeto muito proveitoso, tanto para a nossa educação, quanto para conhecer mais a representação da Páscoa", disse a aluna.

Comentários