Municípios

Esperantina vive "toque de recolher" por causa de nova fuga de presos

Desde o meio da semana passada, quando houve rebelião e fugas da penitenciária a cidade vive clima de medos
Fonte: Morador de Esperantina | Editor: Luiz Brandão 08/10/2017 23:15
Município de Esperantina, Norte do Piauí Município de Esperantina, Norte do PiauíFoto: Reprodução/Google

A cidade de Esperantina, na região Norte do Piauí, está vivendo dias de terror. Neste domingo (08) teria ocorrido a fuga de 10 presos da penitenciária, roubo de carros e motos. A cidade estaria passando por uma espécie de "toque de recolher"

De acordo com uma fonte do portal PIAUÍ HOJE (www.piauíhoje.com) naquela cidade, neste dimingo surgiu a informação de que 10 presos teriam fugido da penitenciária estadual, onde no meio da semama ocorreu uma rebelião e de onde fugiram de 75 detentos.

Os fugitivos estariam entrando nas casas e fazendo pessoas de reféns. Por causa disso, na cidade também teria ocorrido tiroteio entre policiais e bandidos foragidos. Não há notícias de mortes.

A fonte informou que, no início da noite deste domingo também teriam ocorrido roubo de carros e motos. Policiais estariam invandido casas à procura de fugitivos.

"O clima é tenso em Esperantina. A população está como medo", diz a fonte que trabalha no órgão federal em Esperantina, mas quer se identificar por questão de segurança.

No final da semana a Polícia do Piauí informou que capturou 34 dos75 presos que fugiram da pentenciária no meio da semana.

O Governo do Estado mandou reforçar o policiamento na cidade. Alguns inquéritos estão em andamento para chegar as causas e os culpados pela onde de violência em Esperantina.

A situação de insegurança em Esperantina está repercutindo bastante nas redes sociais. Na noite deste domingo usuários de um grupo de wattapp informaram que a Polícia "mandou recado para população pedindo que todos se tranquem dentro de casa".

A reportagem do PIAUÍ HOJE tentou ouvir os secretários de Justiça, Daniel Oliveira, e da Segurança, Fábio Abreu, mas não obteve retorno.

Comentários