Cidade

Equipes fazem capina, varrição e limpeza em pontos da zona leste

Conservação dos espaços públicos conta também com o apoio da população
Fonte: PMT | Editor: Redação 22/03/2018 11:45
Limpeza na zona Leste de Teresina Limpeza na zona Leste de TeresinaFoto: Ascom

Durante a semana, a equipe de limpeza da Superintendência de Desenvolvimento Urbano da zona Leste iniciou serviços de capina, varrição e o transbordo do lixo gerado em pontos da região dos bairros São João, São Cristóvão, Jockey, Ininga, Satélite, Planalto Uruguai e Vila Anita Ferraz. Para manter a cidade limpa, a SDU conta com 94 homens que fazem os serviços concentrados por regiões.


De acordo com Renato Lopes, gerente de serviços urbanos, a programação é regular e a limpeza é feita em todos os bairros. “É um compromisso da Prefeitura de manter a cidade limpa. Nesse sentindo, a comunidade pode também nos ajudar com informações ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar pelo número (86) 3215- 7875”, disse o gerente.


Em se tratando de áreas verdes, a gerência de limpeza destina também frentes de trabalho para realizarem a manutenção de viveiros, serviços de poda de árvores e também o processo de transplantio em alguns pontos considerados áreas verdes, tais como a Praça Manuel Belizário, Área Verde da Morada do Sol, Complexo da Ponte Estaiada, Floresta Fóssil e rotatória do Teresina Shopping, entre outros.


A moradora da região da Pedra Mole, Omerinda Neves, conta que o serviço de agoação na praça principal do bairro, por exemplo, é executado todos os dias. “Tem um rapaz que trabalha de segunda à sexta nessa praça, ele joga água nas plantas e faz a limpeza também de algumas folhas. Ele cuida com zelo e dedicação. Esse mesmo rapaz também vai agoar as plantas da quadra”, declarou a moradora.


Ações no Parque Floresta Fóssil


Quinzenalmente, a Floresta Fóssil recebe também os principais serviços de limpeza no local. Conforme a SDU, cinco homens da equipe são designados para ação que visa manter a preservação dessa área verde. Um técnico do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) faz o acompanhamento da ação.

Comentários