Brasil

enadora Regina sugere que a dengue seja discutida nas escolas

Regina senadora água escolas dengue
Fonte: geneide santos 21/01/2016 16:13 - Atualizado em 14/10/2016 09:54
Senadora Regina Sousa (PT) Senadora Regina Sousa (PT)Foto: Google
A proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chigungunya e do zika vírus está preocupando a população e as autoridades de saúde no Brasil. E por isso a senadora Regina Sousa (PT-PI) sugeriu ao ministro da Saúde, Marcelo Castro que proponha ao ministro da Educação, Aloizio Mercadante, que o primeiro dia de aula nas escolas seja todo dedicado a discutir sobre as doenças causadas pelo mosquito e como combatê-lo.


Segundo a senadora, quando as crianças aprendem e incorporam uma ideia, elas educam as famílias, pois se transformam em reprodutores do saber. “É uma vergonha para esse país está gastando tanto dinheiro com uma doença que só depende da população combatê-la.” A proposta da senadora é que os professores sejam preparados por especialistas para levar o tema à sala de aula, discutir com os alunos sobre as forma de proliferação do mosquito.

“É vergonhoso para um país como Brasil está sofrendo por causa de um mosquito que transmite doença grave.” A senadora ressalta que educação não é só teoria, conhecimento, é mudança de comportamento. “ Se as pessoas mudarem os seus comportamentos, certamente nós nos livraremos da dengue.” A parlamentar informa que o ministro Marcelo Castro gostou da ideia e espera que ele a ponha em prática.
No Brasil, em 2015, foram registrados 1.649.008 casos de dengue com 843 mortes, segundo dados do Ministério da Saúde. Os casos suspeitos de febre chikungunya foram 20.661 e como não há registro obrigatório da febre zika vírus, o Ministério não tem dados sobre a doença que, ao infectar uma gestante, ela pode gerar uma criança com microcefalia, uma malformação irreversível.

Formas de prevenção

A melhor forma de prevenção é combater os focos de acúmulo de água, os locais em que são propícios para a criação e reprodução do mosquito.
- Manter bem tampados caixas, tonéis e barris de água
- Colocar o lixo em sacos plásticos e manter a lixeira bem fechada.
- Não jogar lixo em terrenos baldios.
- Ao guardar garrafas, colocar a boca para baixo.No caso de pneus, retirar a água e colocá-los em locais cobertos.
- Não deixar água da chuva acumulada sobre a laje.
- Encher os pratinhos ou vasos de plantas com areia até a borda.
- Limpar as calhas com frequência.
- Lavar com água e sabão os recipientes que guardam água.
-Trocar toda semana a água e lavar os vasos de plantas aguáticas.

Comentários

Matérias Relacionadas