Política

Wellington comemora empregos gerados desde 2003

Wellington observou que acredita na política e que seu governo atua dentro da legalidade
Fonte: Ascom Wellington Dias | Editor: Da Redação 13/09/2018 09:24
Debate na Band Debate na BandFoto: Divulgação

No debate ao vivo transmitido pela TV Band Piauí na noite dessa quarta-feira (12), o candidato a governador pela coligação "A vitória com a força do povo", Wellington Dias, mostrou que sabe fazer política com decência, serenidade e acima de tudo respeitando os adversários. Wellington observou que acredita na política e que seu governo atua dentro da legalidade.

O candidato a reeleição iniciou o debate questionando o candidato Elmano Férrer (Podemos) sobre propostas para o Primeiro Emprego. Wellington observou o avanço da educação profissionalizante em seu atual governo e a aposta que fará na educação empreendedora no seu próximo mandato.

A Sueli Rodrigues (PSOL) o questionou sobre política de controle social. Wellington Dias pontuou que o Piauí foi o primeiro estado a criar uma Controladoria Geral do Estado (CGE) e o portal da transparência estadual é reconhecido com um dos melhores do Brasil. O fortalecimento dos conselhos sociais é uma realidade no seu mandato.

Combate à corrupção foi o tema escolhido pelo candidato Valter Alencar (PSC) em pergunta ao governador, que claramente esclareceu que todas as operações policiais recentemente deflagradas contam com total colaboração do Governo e as investigações em andamento são contra a empresas que prestam serviço ao Estado. "Todos os meus gestores sabem que se cometerem crimes pagarão por eles", observou, destacando a confiança que tem em cada um deles e o direito de defesa que cada um tem.

Wellington Dias em debate na TV

Wellington declarou ainda que ao contrário da PEC de congelamento dos gastos sociais do governo federal, o Piauí tem expandido as despesas na Saúde e, sendo reeleito, vai descentralizar as políticas voltadas para as pessoas idosas, como o atendimento em geriatria, academias da terceira idade e outras; e as políticas públicas para pessoas com deficiência.

Se reeleito, o primeiro ato administrativo de Wellington Dias será uma reunião da equipe para definição de projetos estratégicos que, logo na primeira semana de janeiro, ele vai apresentar ao presidente da República eleito, em Brasília.

Dias finalizou comemorando o saldo positivo de milhares de empregos gerados desde 2003. "Os piauienses sabem o que era o Piauí em 2003. Hoje, mesmo diante das dificuldades, registramos um saldo positivo de emprego, desde o primeiro mandato. Temos sim chance de ganhar no primeiro turno. Mas nada de já ganhou. Quero honrar cada voto", afirmou acrescentando que o 13 de Lula agora é o 13 de Fernando Haddad, candidato a Presidente da República.

Comentários