Cidade

Elevado da Avenida Miguel Rosa é interditado pelo DER-PI

Vídeo mostra desgaste do concreto e vergalhões expostos em vários pontos da estrutura
Fonte: DER-PI | Editor: Alinny Maria 14/05/2019 17:05
Há rachaduras no concreto por toda parte Há rachaduras no concreto por toda parteFoto: Cidadeverde.com/Letícia Santos

O elevado da Avenida Miguel Rosa foi interditado no começo da noite desta terça-feira (14) pelo Corpo de Bombeiros, atendendo a recomendação do Departamento de Estradas de Rodagem do Pìauí, depois de apresentar grave comprometimento na sua estrutura, principalmente nas duas cabeceiras que dão acesso ao viaduto. Não há prazo para a liberação do elevado.

A Polícia Rodoviária Federal orienta o tráfego no entorno da avenidas Miguel Rosa e Getúlio Vargas neste momento e recomenda que os motoristas evitem circular pelo local para não ficarem presos em congestionamento.

O produtor cultural Chico Luiz fez um vídeo mostrando a situação preocupante, com fisuras, vergalhões expostos e o desgaste do concreto, que aparenta ser de péssima qualidade. O vídeo foi postado hoje (14) nas redes sociais e já visto por milhares de pessoas.

Há rachaduras por toda parte e o concreto se desmancha com um simples toque. Marcas de cimento mostram que houve uma tentativa recente de "mascarar" o problema. A Construtora Sucesso é a responsável pela conclusão da obra.

O DER-PI vai inspecionar toda a estrutura nesta quarta-feira (15). O viaduto apresenta problemas também nas muretas de proteção lateral, que são baixas e estão desalinhadas em vários pontos.

Outros órgãos de fiscalização, como o Ministério Público e o CREA também devem acompanhar a inspeção da obra e emitir pareceres sobre o que viram na estrutura do elevado.

Nota do DER-PI

O Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER) vem a público informar que, acerca dos problemas encontrados na estrutura do elevado da Avenida Miguel Rosa (zona sul de Teresina), a Construtora Sucesso, empresa responsável pela obra, já está a par do problema e será notificada oficialmente nesta quarta-feira (15), para que a mesma tome as providências necessárias.

O Corpo de Bombeiros Militar do Piauí interdita o viaduto a partir desta terça-feira (14) para avaliar a atual situação da estrutura. Em paralelo, a equipe de engenharia do Departamento de Estradas de Rodagem trabalha em uma averiguação completa do viaduto para analisar a gravidade dos danos.

Inacabado

O elevado foi inaugurado pelo DER-PI em 19 de outubro de 2017, sem estar totalmente concluído. O projeto original da obra inclui a construção de duas alças laterais, orçadas em R$ 24 milhões, que nunca saíram do papel. A atual estrutura do elevado possui 320 metros de extensão, com 15 metros de largura, sendo quatro faixas de circulação de 3,5 metros.

Todos os dias, cerca de 20 mil veículos utilizam o elevado para alcançar a Avenida Miguel Rosa, na entrada de Teresina pela rodovia BR-316 vindo de Demerval Lobão, ou para seguir em sentido contrário, do Centro para a zona Sul. O tráfego na região deve ficar complicado na manhã desta quarta-feira (15).

Comentários