Política

Dudu propõe lei para debater a depressão nas escolas de Teresina

Quanto mais cedo a criança conhecer o que é a depressão, mas fácil será supera-la
Fonte: Paulo Pincel | Editor: Alinny Maria 26/09/2017 16:10
Vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT) Vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT)Foto: Paulo Pincel

A depressão é doença que não escolhe cor, raça, classe social e atinge a autoestima, desencadeando a ansiedade, o sentimento de solidão, o pessimismo, a tristeza e, em situações extremas, pode provocar o suicídio.

Uma projeto de lei, de autoria do vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT), propõe o debate em sala de aula, em todas as escolas de Teresina, sobre a depressão, o “Mal do Século XXI”, segundo a Organização Mundial da Saúde. A ideia é iniciar a discussão do tema ainda na infância e na adolescência, para que as crianças e os jovens conheçam os sintomas, a prevenção e como enfrentar a depressão, principalmente com o apoio da família e dos amigos.

“Esse projeto tem como objetivo falar desse mal o mais precoce possível com nossas crianças, porque muitas vezes a falta de conhecimento da doença provoca outros problemas como o suicídio. Ao discutir isso em sala de aula, fica mais fácil identificar os sintomas e sinais de que aquele menino ou menina precisa de ajuda. A família começa a ser inserida nesse combate”, explica Dudu;

A mudança de humor, perda de apetite, desânimo e falta de sociabilidade são sinais clássicos de que algo não vai bem com a pessoa, inclusive crianças e adolescentes.

, mas que muitas vezes achamos isso normal diariamente. Caso não prestarmos atenção a essas posturas, podemos está virando as costas para uma pessoa que está desistindo de viver. Não podemos deixar de dialogar com nossos filhos desde cedo e principalmente buscar ajuda de especialistas”, ressalta Dudu.

Provida

O vereador lembra que Teresina contra com várias entidades, como o CVV (Centro de Valorização da Vida), o Provida e outras insituições especializada no tratamento de pessoas com depressão e ideação suicida. Localizado no Centro Integrado Lineu Araújo, o Provida disponibiliza psicólogos e psiquiatria para atendimento de pessoas com sofrimento psíquico. O funcionamento do PROVIDA é de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30, com atendimentos por ordem de chegada e sem agendamento.

Comentários