Política

Dudu critica prefeitura pelas várias obras paradas em Teresina

Moradores reclamam da poeira e do risco de acidentes na Av. Duque de Caxias
Fonte: Assessoria | Editor: Paulo Pincel 12/12/2017 20:43
Vereador Dudu (PT) Vereador Dudu (PT)Foto: Divulgação

O vereador Dudu (PT) chamou atenção para a reclamação dos moradores em relação a algumas obras realizadas em Teresina. Na Avenida Duque de Caxias, na zona Norte da capital, os teresinenses têm reclamado da poeira, do risco de acidentes ocasionados pela obra sem sinalização e também dos prejuízos no comércio por conta da dificuldade de fluxo na região. Já no Centro da Capital, os espaços de convivência, que fazem parte de um projeto piloto da Prefeitura, também foram alvo de críticas.

“Hoje vou falar da manifestação dos moradores da avenida Duque de Caxias. Na crise que nós estamos vivendo aí se faz uma intervenção daquela, onde você prejudica o comércio, a população, a normalidade da comunidade. Hoje de novo os moradores vão se manifestar para chamar atenção do poder público. Então, você vai para o Centro de Teresina, aí o Prefeito Firmino retira da cabeça dele e cria a zona verde no calçadão, aí coloca uns bancos de pallet e uns jarros. Hora, como é que você em pleno calor coloca um banco meio dia para a pessoa sentar e acha que é uma obra boa? Aí aqui do lado, na avenida Duque de Caxias e deixa o povo comendo poeira. É aquela velha história, não tem o que inventar...porque deixa desabrigado na zona norte e no centro pinta ali o calçamento de verde, para esconder inclusive as ciclovias que ele está acabando em nossa cidade”, afirma Dudu, em pronunciamento durante a sessão de hoje (12).

Para o vereador existem outros espaços em Teresina que mereciam mais atenção, tanto pelo seu potencial financeiro, como também por serem espaços tradicionais, que fazem parte da história da capital.

“Ele devia era fazer a Rua Climatizada no centro, o Mercado Central, esses pontos sim o povo está revoltado. Ali são espaços de geração de emprego e renda que o povo não tem, aqueles sim são aparelhos públicos úteis e não ficar pintando calçamento”, finalizou.

Comentários