Política

Dr. Pessoa retira apoio à candidatura de Júlio César ao Senado

“Foi dito e foi aceito. Isso é natural", minimizou o presidente do PSD no Piauí
Fonte: PSD | Editor: Paulo Pincel 15/02/2018 18:30
Deputado estadual Dr. Pessoa (PSD) Deputado estadual Dr. Pessoa (PSD)Foto: Paulo Pincel

Como prometeu nas entrevistas concedidas na semana passada e ao longo desta semana, o deputado estadual Dr. Pessoa não é mais cabo eleitoral do deputado federal Júlio César Lima. “Foi dito e foi aceito. Isso é natural, pois ele já vinha dizendo e já tinha conversado com a gente. Agora, vamos continuar insistindo em participar da chapa majoritária como candidato a senador. Mas, continuaremos dialogando com ele”, adiantou o presidente do PSD no Piauí.

Júlio César terá enorme dificuldade de arrumar um substituto à altura para apoiar sua candidatura ao Senado Federal concorrendo pela chapa governista, como pretende o presidente do PSD.

Pessoa, que tem sobrenome “Leal”, honrou a palavra dada, o “fio do bigode”, até o último momento. “Sou um homem de palavra. Quem me conhece sabe que sempre cumpro com o que digo. Eu venho reclamando da falta de apoio do meu partido desde sempre. Então dei esse prazo para o Júlio César e como não aconteceu nada de novo, tudo segue da mesma forma, eu disse a ele e toda bancada, que a partir de hoje não tenho mais compromisso em apoiá-lo para o Senado e nem com o Governo”.

Dr. Pessoa adiantou que vai conversar com os partidos com os quais tem mantido contato e analisar toda a conjuntura antes de tomar uma decisão. “As chances de eu seguir no PSD são pequenas, mas não tem nada definido nesse sentido. Tenho mantido conversa com algumas lideranças e no momento oportuno, tomarei uma decisão”.

Sobre a saída de Dr Pessoa, Júlio César desconversa de que “isso não mudou ainda”. O Pessoa não anunciou que vai sair do partido. Quem sabe, pode acontecer...”

Comentários