Polícia

Gabarito encontrado com candidato do concurso da PM é falso, garante delegado

Confira a lista com nomes dos presos em flagrante que tentaram fraudar o concurso
Fonte: Flash de Roberto Araújo | Editor: Alinny Maria 10/07/2017 13:00
Delegado Kleydson Ferreira Delegado Kleydson FerreiraFoto: Roberto Araújo

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) prendeu 16 pessoas nesse domingo (9) tentando fraudar o concurso da Polícia Militar.

Em entrevista coletiva realizada na manhã desta segunda-feira (10) na sede da Secretaria de Segurança Pública, o delegado Kleydson Ferreira disse que o gabarito encontrado com um candidato não corresponde ao gabarito oficial. O candidato foi preso durante a prova no Campus Torquato Neto, na Universidade Federal do Piauí (UESPI), ele foi flagrado com o gabarito completo no celular.

“A gente verificou esse gabarito que foi pego, era um gabarito falso, assim como aquele gabarito que saiu na quinta-feira. A polícia também já verificou e comparou com o gabarito oficial, não corresponde ao mesmo. Apenas duas questões que batiam com o gabarito oficial, que foi divulgado hoje", afirmou o delegado Kleydson.

Somente na Uespi, cinco pessoas foram detidas em flagrante .De acordo com o delegado, oito foram liberados após pagar fiança e os demais estão presos na Casa de Custódia de Teresina.

De acordo com o delegado Riedel Batista, o concurso pode seguir normalmente, em virtude da não ocorrência de vazamentos e da punição das pessoas que eventualmente quiseram fraudar. "Esse relatório diz respeito a pessoas que foram presas por tentativa de fraude ao concurso, mas o mais importante é que não houve nenhum tipo de comprovação de vazamento de gabarito oficial nem de provas do concurso. Então, o concurso segue normalmente", afirma o delegado.

Lista com nomes de presos no concurso da PM Lista de candidatos presos em flagrante

Comentários

Matérias Relacionadas