Cidade

Defesa Civil de Teresina intensifica alerta durante período chuvoso

A população pode entrar em contato com a Defesa Civil através do 153
Fonte: Prefeitura de Teresina | Editor: Redação 25/02/2018 09:29
Chuva em Teresina Chuva em TeresinaFoto: G1

Por conta da forte incidência das chuvas em Teresina, a Defesa Civil Municipal intensifica o alerta para evitar acidentes e aumentar a proteção à vida, evitando deslocamentos durante os temporais. Além de aguardar o fim das chuvas, a população não deve adentrar em superfícies submersas pela água, se expondo ao risco, principalmente pela não visualização do solo e desconhecimento sobre as condições da área após a precipitação.

“É importante que durante e logo após a chuva, as pessoas aguardem a drenagem da água do local para poder sair em segurança, seja em veículo ou a pé. A área pode conter buracos, bueiros e até fortes correntezas, que podem danificar tanto o bem material, quanto prejudicar a vida”, reforça Sebastião Domingos, membro da Defesa Civil.

O profissional destaca que caso a água não seja drenada corretamente, a população deve entrar em contato com a Defesa Civil através do 153 – plataforma de contato gratuito com o órgão – para que seja feito o monitoramento da área. Em Teresina, a Defesa Civil classifica as áreas em: risco leve, risco médio e grave risco. A ênfase de monitoramento está nas áreas com situação mais crítica, mas sendo notificada uma chuva torrencial em área classifica como de menor risco, a Defesa Civil também se dirige ao local para monitoramento das condições do solo e/ou casas.

Na última quinta-feira (22), a Defesa Civil de Teresina realizou seis atendimentos em residências próximas à Vila Verde, no bairro Dirceu; um atendimento na rua Liberdade, na Piçarreira, zona Leste; dois atendimentos no Parque Mão Santa, zona Leste; dois atendimentos na Vila da Paz, zona Sul e dois atendimentos na Cidade Leste, zona Leste da capital. A Defesa Civil é vinculada à Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

Comentários

Matérias Relacionadas