Geral

Defensoria Itinerante ultrapassou 23 mil atendimentos no ano passado

Dados foram publicados no relatório anual das atividades da diretoria.
Fonte: CCOM | Editor: Redação 30/01/2019 13:50
Ônibus da Defensoria Itinerante Ônibus da Defensoria ItineranteFoto: Lázaro Lemos

A Defensoria Itinerante da Defensoria Pública do Estado do Piauí realizou, de janeiro a dezembro de 2018, um total de 23.379 atendimentos, contabilizados entre as ações cíveis e criminais, integrando, nesse total, as Jornadas da Justiça Itinerante e o Peticionamento Integrado.

Segundo os dados, que constam no relatório estatístico apresentado pela Diretoria Itinerante, de janeiro a dezembro, foram realizadas 1.369 audiências, sendo 596 cíveis e 773 criminais. Também foram abertos processos e contabilizados flagrantes, pedidos de liberdade e habeas corpus. A diretoria registrou ainda um total de procedimentos judiciais como petições iniciais que contabilizaram 5.504 entre petições iniciais e de outra natureza nas áreas cível e criminal, também constam no relatório apresentado contestações, respostas e acusações, entre outros. O peticionamento Integrado relativo à Defensoria Itinerante totalizou 76 procedimentos em 2018.

Com relação às Jornadas da Justiça Itinerante, a Defensoria participou de 18 edições no ano de 2018, sendo 8 em Teresina e 10 no interior do estado, sempre atraindo um público significativo, já ciente da agilidade com que são resolvidas as demandas.

Para o diretor da Defensoria Itinerante, defensor público Afonso Lima da Cruz Júnior, o resultado foi positivo. “Foi muito satisfatório dentro da nossa atual conjuntura, na qual desenvolvemos esse trabalho de grande presteza para a população carente do Piauí e notadamente nas comunidades de difícil acesso. A Itinerante, a cada dia, engrandece nos projetos que participa, tem grande aceitação por parte da população piauiense.

Vislumbro que nos próximos anos a demanda tende a aumentar e a Defensoria Itinerante tende a crescer cada vez mais, uma vez que o trabalho desenvolvido por nossa equipe é bastante salutar e dignifica a população piauiense, garantindo justamente todos os princípios básicos e garantias preconizadas na Constituição Federal e, notadamente, a dignidade da pessoa humana. Além disso, o mais importante é que o papel dos defensores que atuam na Itinerante não é só garantir o acesso à Justiça, mas funcionar como agente de transformação junto à população carente em todo o estado. O resultado foi muito gratificante”, afirma Afonso Júnior.

Comentários

Matérias Relacionadas

Apoio: