Política Nacional

Debate: Boulos faz discurso contra ditadura e fala repercute na internet

Estamos há meses fazendo uma campanha que está marcada pelo ódio”, disse.
Fonte: MSN | Editor: Redação 05/10/2018 11:09
Boulos BoulosFoto: Nossa Política

No debate entre os presidenciáveis na TV Globo, uma fala do candidato do PSOL Guilherme Boulos sobre a ditadura teve grande repercussão na internet. “Temos que dar um grito, botar a bola no chão e dizer: ditadura nunca mais”, disse o presidenciável. Após a fala, o nome do presidenciável de esquerda se tornou o quarto assunto mais comentado do Twitter, atrás de “#DebateNaGlobo”, “Alvaro Dias” e “BolsonaroNaRecord”.

Boulos foi questionado por Ciro Gomes sobre sua avaliação da declaração do general Hamilton Mourão, candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro, de cortar o 13º salário. O líder do MTST usou seu tempo de resposta para fazer o apelo, alertando sobre um risco de retorno ao regime militar. “Não dá para a gente fingir que está tudo bem. Estamos há meses fazendo uma campanha que está marcada pelo ódio”, disse.

“Faz 30 anos que a gente saiu de uma ditadura, muita gente morreu, muita gente foi torturada e tem mãe que não conseguiu enterrar seu filho até hoje. Faz 30 anos, mas acho que a gente não esteve tão perto daquilo que aconteceu”, acrescentou. O candidato do PSOL disse ainda que, se as eleições ocorrerão no próximo domingo 7, é porque “muita gente derramou sangue para isso”.

Não dá para fingir que está tudo bem. Nós saímos de uma ditadura em que muita gente morreu. Quando eu nasci, estava numa ditadura, e não quero que minhas filhas cresçam numa. Ditadura nunca mais. #DebateNaGlobo #BoulosNaGlobo

Boulos criticou indiretamente as propostas de Jair Bolsonaro. “Sempre começa assim, com arma, com tudo se resolvendo na porrada, que a vida do ser humano não vale nada”, afirmou. Ele acrescentou que, quando nasceu, o Brasil estava numa ditadura e, por isso, não quer que suas filhas cresçam em um país assim.

Comentários