Geral

Curso de Pré-vendas no Varejo tem início nesta segunda-feira (18)

A atividade acontece no Centro de Capacitação do bairro Vermelha
Fonte: PMT | Editor: Redação 18/03/2019 17:38
Curso de Pré-vendas no Varejo Curso de Pré-vendas no VarejoFoto: Reprodução

Os 20 alunos matriculados no curso de Pré-vendas no Varejo iniciam as aulas nesta segunda-feira (18). O curso, fruto da parceria entre Fundação Wall Ferraz e a startup Baghome, vai ser realizado no turno da noite, no Centro de Capacitação do bairro Vermelha, zona Sul de Teresina. Com a formação, os egressos estarão aptos a prestar consultoria de vendas para lojas e magazines, através de um modelo inovador no varejo.

“Dentro de uma experiência de formação para uma área especifica que o mercado passa demandar dentro dos novos formatos de relacionamento do segmento de vendas, a Fundação Wall Ferraz inicia a oferta de uma formação direcionada a uma atividade específica na área de vendas, exatamente visando atender a uma necessidade que o segmento empresarial tem neste momento no ramo da moda, explica a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

A presidente acrescenta que essa parceria com a empresa Baghome representa uma inovação e articulação que a Prefeitura busca para manter a formação profissional que é realizada pela Prefeitura e o trabalhador que é demandado pelo mercado de trabalho.

A empresa Baghome é a única startup do Piauí no segmento de moda que trabalha com a venda diferenciada, atendendo clientes com necessidades específicas, previamente cadastrados no site da empresa.

O segmento de moda está entre os principais mercados de consumo do país, movimentando em 2017 cerca de R$ 220 bilhões em receitas anuais com a comercialização de 6,24 bilhões de peças de vestuário, segundo dados do Painel Anual do IEMI (Inteligência de Mercado). Crescendo em receita e volume, este é um segmento que traz chances reais de geração de emprego e renda em todo o país.

Todos os cursos ofertados pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos e garantem capacitação de qualidade aos teresinenses, principalmente, jovens e adultos de baixa renda, fomentando a inclusão socioprodutiva, geração de renda e melhoria de qualidade de vida.


Comentários