Polícia

Polícia vai investigar "esquecimento" de criança em penitenciária do Piauí

A criança não tem grau de parentesco com o detento, que cumpre pena por homicídio
Fonte: Redação | Editor: Marília Lelis 02/10/2017 17:58
Criança encontrada na penitenciária Criança encontrada na penitenciáriaFoto: Divulgação

Sábado (30) agentes penitenciários da Colônia Agrícola Major César Oliveira, localizada na BR-343 entre Teresina e Altos encontraram um menor de aproximadamente 11 anos embaixo da cama da cela de um dos detentos.

A suspeita é que a criança tenha sido esquecida pelos familiares em visita ao preso identificado como José Ribamar. Foi constatado, de acordo com os agentes, que a criança não tem grau de parentesco com o detento que cumpre pena por homicídio. Após ser encontrado, o garoto foi encaminhado à Central de Flagrantes de Teresina, e em seguida submetido a exames, constatando que não houve sinais de abuso sexual contra o menor. A Polícia deverá abrir inquérito para apurar os fatos, tais como o motivo pelo qual os parentes do garoto deixaram o menino no local. A Secretaria de Justiça do Piauí também irá acompanhar o caso, acionando o Conselho Tutelar para saber de fato o motivo pelo qual o menino foi deixado na cela.

A informação foi prestada pelo diretor jurídico do Sinpoljuspi, Vilobaldo Carvalho, que disse não ter na penitenciária um espaço adequado para visitação infantil. O sindicalista afirmou ainda que as visitas na unidade prisional ocorrem na área interna, dentro dos alojamentos.

O garoto foi encontrado no sábado, mesmo dia em que os detentos recebem visita, o que leva a crer que teve desleixo por parte dos familiares.

Comentários