Saúde

Cresce o número de homens que buscam a rinoplastia no Brasil

A Rinoplastia é a cirurgia indicada para a correção estética do nariz
Fonte: HFS | Editor: Paulo Pincel 04/01/2019 17:50
Rinoplastia masculina Rinoplastia masculinaFoto: Centro Nacional de Cirurgia Plástica

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), o Brasil atualmente ocupa a segunda colocação no ranking mundial de realização de cirurgias plásticas. A Rinoplastia, por exemplo, popularmente conhecida como cirurgia plástica do nariz, que antes era realizada quase que exclusivamente pelas mulheres, hoje tem sido bastante procurada pelo público masculino, contribuindo diretamente para o aumento dessa estatística, inclusive no Piauí.

“A Rinoplastia é a cirurgia indicada para a correção estética do nariz. Através dela, no mesmo procedimento, é possível corrigir alterações funcionais, como o desvio de septo, o aumento das conchas nasais e a realização de manobras para o tratamento da sinusite crônica, melhorando, portanto, a respiração nasal. Outras indicações da rinoplastia incluem a correção do nariz torto; narizes longos, curtos ou largos; e narizes quebrados. Tal procedimento é realizado, em média, partir dos 15 anos, pois, nessa idade, o paciente já tem o desenvolvimento de estruturas ósseas e cartilaginosas do nariz e da face praticamente completo”, explicou o otorrinolaringologista Paulo Igor Lial, especialista em plástica facial.


Médico otorrinolaringologista Paulo Igor Lial.
Médico otorrinolaringologista Paulo Igor Lial

Em um mundo em que a estética apresenta importante impacto social, as pessoas acabam, cada vez mais, recorrendo ao procedimento como forma de buscar a harmonização facial. A rinoplastia, por alterar a forma de uma estrutura central da face e com grande representatividade estética, acaba por interferir, positivamente, na auto-estima.

“Para a realização desta cirurgia, a anestesia pode ser tanto local com sedação quanto geral. Essa escolha vai variar com a complexidade da cirurgia, com as condições clínicas do paciente e com a colaboração e grau de ansiedade do paciente. O procedimento pode ser realizado através de dois acessos: aberto ou externo, que inclui uma incisão na base nasal inferior; e fechado ou endonasal, cujas incisões são realizadas apenas dentro das narinas”, disse o especialista.

Um levantamento realizado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) aponta que, em cinco anos, o número de homens que buscaram por procedimentos cirúrgicos aumentou em quase quatro vezes, o que representa a realização de aproximadamente 276 mil cirurgias ao ano no Brasil.

“Após o procedimento, é essencial que o paciente possa seguir todas as orientações à risca, a fim de evitar problemas com a cicatrização, para diminuir a intensidade e o tempo de inchaço, além de prevenir sangramentos. Nesse processo, os pacientes devem seguir alguns cuidados básicos: manter uma respiração nasal mínima, não manipular os curativos e evitar traumatismos locais; repouso para atividades de esforço físico; alimentação balanceada; evitar a exposição solar e o uso de óculos; e retornos frequentes”, conclui o otorrinolaringologista Paulo Igor Lial.

Comentários