Municípios

Cresce o número de crimes violentos letais em Picos

Os últimos dados levantados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), revela que em dezembro houve 43 ocorrências de crimes fatais
Fonte: Cidades na Net | Editor: Redação 03/01/2018 12:57
Arma de fogo. Arma de fogo.Foto: Divulgação

O ano de 2017 foi de muitos resultados positivos para o Piauí, principalmente no que diz respeito à Segurança Pública. Foi quando o estado registrou o menor índice de crimes violentos letais dos últimos quatro anos, uma queda de 8,14%. Em 2017, foram registradas 647 mortes, número menor em comparação à 2016 (705 mortes), 2015 (673 mortes) e 2014 (735 mortes). Os últimos dados levantados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), revela que em dezembro houve 43 ocorrências de crimes fatais. Nos anos anteriores o número chegou a 88.

Na capital, a redução no registro de mortes no mês de dezembro de 2017 foi de 51% e 14% no interior. “A queda da violência no estado já estava sendo observada desde julho e agora em dezembro foi confirmada. Estes dados positivos é um feito que poucos estados conseguiram”, afirmou o secretário de segurança, Fábio Abreu. Na contramão do Estado, o município de Picos registrou 17 assassinatos durante o ano de 2017. Um aumento de três mortes, ou 21,4%, em relação a 2016.

Segundo o gestor, os índices são reflexo de ações e investimentos feito ao longo do ano. “Conseguimos aumentar os investimentos em 200% e, mais uma vez, o Piauí foi um dos poucos que conseguiu, visto que a crise econômica tem dificultado a capacidade de investir. Empregamos recursos de uma forma correta, no local certo e pretendmos melhorar ainda mais”, complementou.

Fábio Abreu acrescenta que um dos pontos mais importantes foi a integração entre as instituições que cuidam da Segurança do estado. “Conseguimos, por exemplo, transformar as divergências entre Policiais Civis e Militares em pontos em comum. Com PMs atuando na parte ostensiva e civis nas grandes operações, sem conflitos de interesse, conseguimos crescer bastante”, pontuou.

Para 2018, a meta é manter o ritmo, alcançar uma queda nas mortes de 10% e prosseguir com os investimentos. Para o início deste ano, já está confirmada a inauguração da nova Delegacia de Homicídios, que terá sua sede em um prédio novo, moderno e dentro dos padrões internacionais. Além disso, serão entregues cerca de 31 motos, 27 jipes, mais de 100 fuzis e viaturas, tudo para manter o controle da violência e reduzir ainda mais os índices.

Fonte: Web Piauí

Comentários

Matérias Relacionadas