Polícia

Corpo de vigilante é encontrado no Rio Poti

Cadáver estava próximos aos quiosques da Av. Raul Lopes, na zona Leste de Teresina
Fonte: Redação | Editor: Paulo Pincel 17/07/2017 15:05
IML IMLFoto: Reprodução/Google

O corpo de um homem, que pode ser de Júlio César Valentim de Melo, de 31 anos, foi resgatado nesta segunda-feira, por volta das 11h, das águas do Rio Poti, próximos aos quiosques da Avenida Raul Lopes, na zona Leste de Teresina.

O corpo foi avistado boiando nas águas por um mototaxista que faz ponto ao lado da parada de ônibus perto da entrada principal do Shopping Riverside. O homem avisou a Polícia Militar, que acionou a Delegacia de Homicídios.

Pelas roupas que a vítima usava, tudo levar a crer que o morto era vigilante ou segurança, o que deve facilitar na identificação da vítima. O cadáver estava de fardas: calçava botas e vestia calça e camisa de brim da mesma cor.

RG

O delegado Marcelo Leal, da Delegacia de Homicídios, adiantou que num dos bolso da calça do morto havia a identidade Júlio César Valentim de Melo, 31 anos, natural de Santo André (SP) e um cartão eletrônico da Caixa Econômica Federal, agência de São Luis (MA).

Não havia sinais de violência no cadáver. Peritos do IML acreditam que a morte tenha acontecido há uns dois dias, já que o corpo já estava em decomposição e exalava forte odor. O corpo foi levado para o IML, no bairro Saci, zona Sul da capital.

Comentários