Polícia

Corpo de Emile Costa é sepultado em clima de dor e revolta

PM pagou o caixão, mas não houve qualquer assistência psicológica à família
Fonte: Redação | Editor: Paulo Pincel 27/12/2017 14:16
Avô enterra o corpo da neta morta pela PM Avô enterra o corpo da neta morta pela PMFoto: Reprodução/cidadeverde.com

O corpo de Emily Caetano Costa, 9 anos, morta com dois tiros nas costas pelos policiais militares identificados como cabo-PM Francisco Alves e soldado-PM Dornel, durante uma abordagem desastrada, foi sepultado no final da manhã desta quarta-feira (27) no Cemitério Santa Maria, em Timon (MA). O clima durante o velório e no enterro era de muita revolta e tristeza. Os pais não acompanharam o enterro da criança.

Evandro Costa permanece internado no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), fora de perigo, mas emocionalmente abalado. A mãe de Emile, Daiane Félix Caetano, também profundamente emocionada, não foi ao cemitério.

O avô da criança, Francisco de Assis Caetano, repetia que Deus foi misericordioso com a família por ter evitado outras mortes. “Poderia haver com cinco caixões”.

A Polícia Militar pagou o caixão, mas não houve nenhuma assistência psicológica à família da parte do Estado.

Comentários