Polícia

Revogada portaria que atribui à PM investigar crimes

Tanto a Polícia Militar quanto a Civil investigam a morte da menina Emily
Fonte: Alinny Maria 08/01/2018 10:17
Comandante da Polícia Militar do Piauí, coronel Carlos Augusto Comandante da Polícia Militar do Piauí, coronel Carlos AugustoFoto: Alinny Maria

O comandante da Polícia Militar do Piauí, coronel Carlos Augusto Gomes, anunciou na manhã desta segunda-feira (8), durante a aula inaugural do curso de formação de soldados, a suspensão da portaria que atribui à PM as investigações de crimes contra a vida cometidos por policiais militares.

O anúncio do comandante põe fim ao embate de competência entre a PM e a Polícia Civil, em que ambas iniciaram as investigações acerca do caso Emily, menina de nove anos morta durante uma abordagem policial na Avenida João XXIII, no dia de Natal.

Coronel Carlos Augusto informou que tomou a decisão na sexta-feira (5), e que a portaria ficará suspensa até uma análise da Procuradoria Geral do Estado. Ainda conforme o comandante, os dois inquéritos irão continuar valendo até que a Justiça decida qual será levado em consideração durante o julgamento.

Comentários