Política

Convenção decidirá sobre candidatura própria do PMDB

Themístocles Filho diz que decisão sobre candidatura será do partido
Fonte: Paulo Pincel 17/07/2017 14:00
Presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho Presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles FilhoFoto: Paulo Pincel

O PMDB deverá realizar nos próximos dias, uma convenção extraordinária para decidir sobre dois assuntos decisivos para a sucessão estadual em 2018: a manutenção ou não da aliança com o governo de Wellington Dias e a indicação de Themístocles Filho como candidato a vice-governador ou o lançamento de candidatura própria ao Governo do Estado nas eleições de outubro do ano que vem.

O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado estadual Themístocles Filho, explica que os peemedebistas é quem vão decidir o destino do partido nas eleições de 2018. O deputado afirma que é o PMDB e não ele ou outra pessoa, individualmente, quem decide o rumo a seguir no próximo ano. A maioria do PMDB, no entanto, apoia a indicação de Themístocles Filho como vice de Wellington Dias.

Mas há quem defenda a candidatura própria ao governo nas eleições do próximo ano O vice-presidente do PMDB, João Henrique Sousa, é o principal articulador da candidatura própria do partido em 2018. Segundo ele, o PMDB deverá realizar essa consulta às bases em janeiro. João Henrique viajou pelo Piauí, buscando fortalecer a tese da candidatura própria. Ele é um dos que pleiteia essa candidatura.

Comentários