Cidade

Conselhos repudiam salários propostos em concurso da Prefeitura de Luís Correia

O edital prevê salários para as três categorias de R$ 1.100,00 para uma jornada de 30 horas semanais
Fonte: Diego Rodrigues | Editor: Da Redação 06/03/2018 16:10
Marcelino Martins Marcelino MartinsFoto: Ascom

Os conselhos regionais de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Piauí (Crefito 14); de Psicologia da 21ª Região (CRP-21); e de Educação Física da 15ª Região (CREF-15) divulgaram nota pública de repúdio aos salários oferecidos para os cargos de fisioterapeuta, psicólogo e educador físico do concurso público da Prefeitura de Luís Correia.

O edital prevê salários para as três categorias de R$ 1.100,00 para uma jornada de 30 horas semanais, o que representa, segundo os conselhos das classes, um desrespeito à qualificação desses profissionais.

Para demonstrar a incompatibilidade de valores, a Lei Estadual Nº 6.633, de 06/01/15 estabelece piso de R$ 3.026,00 aos fisioterapeutas para uma carga horária de 30 horas semanais, ou seja, quase que o triplo do oferecido.

“A formação do Fisioterapeuta, por exemplo, ocorre mediante curso superior, muitas vezes dispendioso, com duração média de 5 anos, bem como exige entre outras coisas, como atualização e aperfeiçoamento profissional. O salário proposto pela Prefeitura de Luís Correia é um absurdo e vamos acionar os entes jurídicos para que o edital seja alterado”, comenta o presidente do Crefito 14, Marcelino Martins.

Confira a nota na íntegra:

NOTA DE REPÚDIO

O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Piauí (CREFITO 14), o Conselho Regional de Psicologia da 21ª Região (CRP-21) e o Conselho Regional de Educação Física da 15ª Região (CREF-15) manifestam o seu repúdio à remuneração ofertada aos cargos de Fisioterapeuta, Psicólogo e Educador Físico referente ao concurso público a ser realizado no município de Luís Correia (PI). A remuneração proposta, no valor de R$ 1.100,00 para uma jornada de 30 horas semanais, é aviltante e depreciativa aos profissionais da área, visto que é incondizente com a qualificação necessária exigida pelo referido edital. O valor mínimo do vencimento recomendado pelas categorias é de cerca de R$ 3.000,00 para uma jornada de 30 horas semanais, ou seja, quase o triplo do valor oferecido no edital do certame.

Os conselhos repudiam a proposta e afirma que irão acionar os entes jurídicos legais para alteração dos valores no edital do concurso.

Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Piauí

Conselho Regional de Psicologia da 21ª Região

Conselho Regional de Educação Física da 15ª Região

Comentários