Saúde

Confira 8 métodos contraceptivos para evitar a gravidez

Embora muitas garotas optem pela pílula anticoncepcional, essa não é a escolha mais eficaz para evitar a gravidez
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 26/02/2018 09:50
Anticoncepcional AnticoncepcionalFoto: Blog da Saúde

Embora muitas garotas ainda usem a pílula anticoncepcional para evitar a gravidez, essa não é a escolha mais eficaz de prevenção. O "New York Times" listou os métodos contraceptivos que os adolescentes devem conhecer, em ordem de eficácia.

1 - Implante

É uma haste de plástico flexível do tamanho de um palito de fósforo que o médico insere sob a pele, normalmente na parte superior do braço, e que pode prevenir a gravidez por pelo menos três anos, quando deve ser substituído. Ele contém hormônio progestina que bloqueia a liberação de óvulos pelo ovário.

2 - Dispostivo intrauterino

O médico insere um pequeno dispositivo em formato de T no útero que impede que o esperma fertilize o óvulo. Existem dois tipos: o DIU T de cobre que não possui hormônios e precisa ser substituído apenas a cada dez anos, e o DIU que contém progestina, que deve ser trocado a cada três a cinco anos.

3 - Injeção de progestina

A injeção desse hormônio previne a liberação do óvulo pelo ovário por três meses.

4 - Anel vaginal

Esse anel, que contém hormônio, é colocado uma vez por mês pela usuária dentro da vagina, onde previne a liberação do óvulo por três semanas. Então, deve ser retirado por uma semana para permitir que a menstruação ocorra.

5 - Adesivo

O adesivo contém um hormônio que é absorvido pela pele e bloqueia a liberação do óvulo. Ele deve ser substituído semanalmente durante três semanas, seguidas de uma semana de folga para que ocorra a menstruação.

6 - Pílula

Precisa ser tomada diariamente, e o uso inconsistente é a razão mais comum das falhas. Existem dois tipos, mas apenas o que contém dois hormônios, estrogênio e progestina, é normalmente receitado para adolescentes.

7 - Preservativo

Este é o único método que pode prevenir doenças sexualmente transmissíveis e deveria sempre ser usado junto com os outros métodos.

8 - Contracepção de emergência

Essas pílulas de progestina, que podem ser tomadas dentro de cinco dias (quanto mais cedo melhor) quando outros métodos contraceptivos não foram usados ou um preservativo se rompeu.

Comentários

Matérias Relacionadas