Educação

Confira 5 dicas para incentivar as crianças à leitura

O livro pode sim ser um presente mágico e maravilhoso
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 11/10/2017 11:15
Leitura LeituraFoto: Vivo Mais Saudável

Quando se aproxima o aniversário de uma criança logo pensamos: preciso comprar um brinquedo! O mesmo acontece no Dia das Crianças. E logo vimos lojas e centros comerciais populares lotados com pais na busca de um brinquedo para presentear seus pequenos.

A busca por esse tipo de agrado vem de uma cultura de anos atrás. A própria origem do Dia das Crianças no país se deu com o apelo comercial da indústria de brinquedos. Mas, você pai, mãe ou responsável já se perguntou porque preferimos dar de presente brinquedos, roupas e não, por exemplo, livros?

“Por conta dessa cultura instituída, não é de se estranhar que, tristemente, uma criança não se sinta devidamente prestigiada ao ganhar um livro de presente em uma data a ela especial. Será que seus pequenos reagiriam dessa forma? A dúvida que certamente passa na cabeça de muitos neste momento caracteriza a necessidade de mudarmos essa nossa cultura. E, como resultado natural, mudarmos também a cultura de nossas crianças”, afirma Tânia Medeiros, coordenadora pedagógica do Sistema Maxi de Ensino.

O livro pode sim ser um presente mágico e maravilhoso. Ele estimula a imaginação, prende a atenção e faz com que o gosto pela leitura seja algo natural desde os primeiros anos de vida.

Se ainda tem dúvida sobre o poder do mundo das letras, Tânia Medeiros estimula pais a fazer um teste: “além do brinquedo, combine com seu filho a ida até uma livraria para que juntos possam escolher um livro. Diga que vocês lerão juntos e que terá um momento no dia ou na semana que será apenas de vocês darem asas à imaginação”, orienta a pedagoga.

Após a leitura, Medeiros sugere que pais proponham uma atividade lúdica a seus filhos, para tornar o momento ainda mais especial. “Vale fazer uma ilustração, uma encenação ou o que vier em mente. Isso faz com que o encantamento pelos livros seja ainda maior”, diz a especialista.

Agora, para que essa atividade realmente seja transformadora, a coordenadora pedagógica do Sistema Maxi de Ensino dá algumas dicas valiosas:

- Se você, pai, mãe ou responsável nunca fez uma contação de história, tente perguntar na escola de seu filho como funciona. A internet também pode ser um caminho de aprendizado.

- Se o tempo é realmente apenas de vocês, o doe verdadeiramente. Nada poderá atrapalhar a ocasião. A leitura deve ser feita em um ambiente calmo e aconchegante.

- Respeite o dia e horários combinados, de forma que se crie a rotina e a criança crie expectativa pelo momento da leitura. Desligue televisores, silencie celulares e qualquer outro aparato que possa distrair a atenção dos envolvidos.

- Nesse momento de leitura mais que especial, não tenha vergonha de usar a criatividade. Utilize a entonação para dar vozes diferentes aos diferentes personagens do livro; faça alguns efeitos especiais (como barulho da chuva, de um trovão, um pássaro, etc); analise juntos cada imagem ou ilustração.

- Aproveite a leitura também para o desenvolvimento da compreensão da criança. Peça para ela recontar a história, do jeito dela, lembrando que não há certo ou errado nesse mundo imaginário da literatura. Se quer buscar uma resposta, faça algumas perguntas para que ela chegue ao que espera. E o mais importante de tudo: curta muito esse momento.

Comentários