Esportes

Comitê Olímpico retira suspensão da Rússia por escândalo de doping

País havia sido parcialmente banido dos Jogos de Inverno
Fonte: ANSA | Editor: Redação 28/02/2018 13:31
Comitê Olímpico Internacional Comitê Olímpico InternacionalFoto: © REUTERS/Sebastien Nogier

O chefe do Comitê Olímpico da Rússia, Alexander Zhukov, anunciou nesta quarta-feira (28) que o Comitê Olímpico Internacional (COI) retirou a suspensão dos russos e recolocou o país como membro da entidade, após o escândalo de doping. "O Comitê Olímpico Russo teve os seus direitos completamente restaurados. É uma decisão de maior importância para nós", disse Zhukov.

Após o escândalo de doping que abalou o esporte do país, a Rússia foi punida pelo COI em dezembro, sendo parcialmente banido dos Jogos Olímpicos de Inverno, em PyeongChang, na Coreia do Sul. O país teve 168 atletas participando da competição sob bandeira neutra.

Apesar da punição, dois atletas russos caíram no exame antidoping nos Jogos de Inverno. Um deles foi o atleta de curling Alexander Krushelnitsky, que inclusive perdeu a medalha de bronze conquistado na competição. Já o segundo caso foi de Nadezhda Sergeeva, do bobsled feminino.

Em PyeongChang, a delegação dos Atletas Olímpicos da Rússia encerram a competição com 17 medalhas, sendo duas de ouro, seis de prata e nove de bronze. A Rússia terminou o quadro de medalhas na 13ª posição.

Comentários