Política Nacional

Colunista prega morte de Lula e PT vê incitação à violência

Fonte: Brasil 247 | Editor: Redação 11/11/2017 18:26
Foto FotoFoto: Reprodução

Em artigo publicado neste fim de semana na revista Istoé, o jornalista Mário Vítor Gonçalves defendeu a morte do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Pelo bem do País, Lula deve morrer. Eis uma verdade incontestável. Digo, se Luiz Inácio ainda é encarado por boa parte da sociedade como o prócer a ser seguido, se continua sendo capaz de liderar pesquisas e inspirar militantes Brasil afora, então Lula precisa morrer", afirmou.

Mais adiante, de forma sutil, ele sugeriu que tratava da morte política de Lula. "Feitas todas as ressalvas e noves fora o dever que a polícia e o judiciário têm de cumprir as suas funções, não importando a relevância histórica ou política de quem estiver em dívida com a comunidade, insisto, bom mesmo será ter a chance de ver Lula sucumbir politicamente", pontuou.

No PT e nas redes sociais a reação foi imediata. Muitos, como a deputada Maria do Rosário (PT-RS), o acusaram de incitação à violência.

"Alguém escreveu que John Lennon deveria morrer antes que outro matasse. Alguém escreveu morra Luther King e outro o matou", lembrou a deputada Maria do Rosário. Confira seu tweet .

Foto

Comentários