Municípios

Codesvasf já gastou R$ 2,8 milhões para conter dunas em Ilha Grande

Fonte: Assessoria | Editor: Redação 06/06/2017 16:54
Dunas em Ilha Grande, no litoral do Piauí Dunas em Ilha Grande, no litoral do PiauíFoto: Reprodução

A contenção do avanço de dunas sobre áreas de preservação ambiental no município de Ilha Grande, no litoral do Piauí, é uma das importantes ações apoiadas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) a ser ressaltada na passagem no Dia Mundial do Meio Ambiente (05 de junho). Com investimento de R$ 2,8 milhões, a ação tem por finalidade proteger o ecossistema local e preservar a segurança de comunidades ribeirinhas nessa região da bacia hidrográfica do Parnaíba, numa parceria com a Secretaria de Meio Ambiente do Piauí.

O projeto, contratado pela Codevasf, foi desenvolvido de 2011 a 2016. A ação tem por objetivo proteger riquezas ecológicas, paisagísticas e culturais, que estavam ameaçadas pelo avanço das dunas e está garantindo o transporte fluvial na área. “Essa ação foi muito importante para rio Parnaíba, pois evitou que as dunas causassem assoreamento do seu leito. Com isso, a navegação foi mantida”, relata José Orlando Soares, técnico da Unidade de Meio Ambiente da Codevasf no Piauí e fiscal da obra.

O avanço das Dunas no Delta do Parnaíba é uma dos temas que merece atenção especial da Codevasf. O litoral piauiense tem cerca de 66km de extensão, dos quais 30km estão na Ilha Grande de Santa Isabel e 36km na parte continental. É pouco recortado e apresenta costas baixas e arenosas, nas quais se encontram manguezais, salgados (marinas tropicais hipersalinas) e apicuns (áreas de solos hipersalinos situadas em regiões entre marés superiores). Essas áreas encontram-se no interior da Área de Proteção Ambiental (APA) do Delta do Parnaíba, administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), no Piauí e contam com normas específicas de proteção ambiental.

Comentários