Política

CMT vai discutir ações para o fim da violência contra a mulher nesta quinta (23)

A campanha é uma mobilização anual que acontece entre os dias 20 de novembro e 10 de dezembro e destaca a discriminação vivida pelas mulheres
Fonte: Ascom Ver. Deolindo | Editor: Da Redação 22/11/2017 15:47
Vereador Deolindo Moura Vereador Deolindo MouraFoto: Ascom

A Câmara Municipal de Teresina vai realizar, nesta quinta-feira (23), audiência pública em prol da Campanha “16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres”. O debate, proposto pelo vereador Deolindo Moura (PT), vai acontecer a partir das 11h, no plenário da Câmara Municipal, e deve reunir entidades e autoridades ligadas à causa.

A campanha é uma mobilização anual que acontece entre os dias 20 de novembro e 10 de dezembro e destaca a discriminação vivida pelas mulheres, em especial a mulher negra. Neste ano, a mobilização adotou o lema “Não deixar ninguém para trás: acabar com a violência contra as mulheres e meninas”.

O vereador Deolindo Moura destaca a importância da campanha. “Esta é uma campanha que acontece em âmbito mundial e discute a questão da violência contra a mulher, buscando ações para minimizar os danos e soluções para o problema. A mulher já conquistou muitos direitos com o passar dos anos, como o direito de exercer sua cidadania através do voto, mas, infelizmente, elas ainda sofrem muito com a violência de gênero e o desrespeito a sua situação de igualdade”, diz.

O parlamentar também comenta que, no Brasil, a campanha é ampliada no intuito de abordar a violência contra a mulher negra. “A mulher negra sofre uma dupla discriminação e a violação dos seus direitos acontece com mais frequência. Por isso a campanha tem início no Dia da Consciência Negra”, lamenta o vereador que completa: “estou empenhado nessa discussão pois entendo que essa não é uma luta apenas das mulheres, todos precisamos unir forças para enfrentar o problema”.

Comentários