Entretenimento

Claudia Leitte se explica após dizer que mulher veio da costela de Adão

A cantora participou de uma discussão sobre desigualdade de gênero
Fonte: Noticias ao minuto | Editor: Redação 28/03/2018 08:08
Claudia Leitte Claudia LeitteFoto: Reprodução

Claudia Leitte teve que se explicar para os fãs que estranharam seu posicionamento no 'Encontro' da última segunda-feira (26), onde os convidados discutiam sobre desigualdade de gênero.

Alexandre Coimbra, psicólogo, era um dos presentes e apresentou uma pesquisa que comparou a quantidade de pessoas de ambos os sexos empregadas em diversas profissões. Claudia interveio: "Eu tenho um questionamento a fazer. Geneticamente, a gente como mulher não mais é relacionada ao trabalho braçal, força bruta, ao aspecto físico mesmo?", perguntou a cantora ao especialista, meio confusa.

E continuou: "Eu acho que, historicamente, a gente veio da costela de Adão. Mas a costela protege os órgãos e dá sustentação. Então é uma função que não desmerece a gente, muito pelo contrário. Ela coloca a gente na condição de quem suporta e apoia. A gente não é mais sensível, os hormônios não fazem a gente ficar mais sensível? Homem não tem tensão pré-menstrual TPM", concluiu.

O psicólogo tentou explicar. "Qualquer profissão é capaz de conviver com a TPM e, também, com as limitações do homem. Isso é o uso que a cultura machista faz de uma característica feminina para construir o preconceito", disse.

Nas redes sociais, o público demonstrou surpresa com o pensamento da cantora e não poupou nas críticas. A cantora tentou se defender. "Tem gente no mundo digital que fica ali na espreita para ficar de mimimi. Me poupe, ta bom já. O programa foi lindo, foi sensacional. Me senti o Chico Buarque quando diz que sai do palco feliz e quando entra na internet, parece que é odiado", disse ela em um vídeo no Stories.

Comentários