Ciência & Tecnologia

Cientistas viciam peixes em drogas para estudar dependência

Após uma semana, já completamente viciados, animais passaram a correr riscos para obter drogas
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 01/09/2017 13:43
Peixes de aquário Peixes de aquárioFoto: DicionarioeGramatica.com

Um experimento realizado por pesquisadores norte-americanos testou o quão monótona é a vida dentro de um aquário. Eles deram substâncias alucinógenas a peixes-zebra (Danio rerio) - muito usados para fins ornamentais - e os animais se tornaram viciados facilmente, se expondo a perigos para ter acesso à droga novamente.

Segundo o jornal "Behavioral Brain Research", os animais foram colocados em um tanque de plástico, onde passavam 50 minutos diariamente com di-hidrocodeína, um narcótico que podiam consumir à vontade. O restante do tempo, eles ficavam no aquário habitual.

Após uma semana, já completamente viciados, os peixinhos passaram a nadar mais próximos da superfície, onde a concorrência pela droga seria menor. Na natureza, nadar na parte mais rasa é um comportamento arriscado, pois chama a atenção dos predadores.

Os testes foram feitos com peixes-zebra porque a espécie tem algumas características parecidas com os humanos: possuem os mesmos neurotransmissores e têm 80% do genoma igual ao nosso. Por este motivo, os cientistas acreditam que o estudo podssa ajudar a entender o vício em humanos e a desenvolver medicamentos contra a dependência.

Comentários

Matérias Relacionadas