Política

Cícero Magalhães elogia STF por obrigar estados a pagar piso a professor

Cícero lembroiu que o Piauí paga o piso nacional desde que ele foi instituído
Fonte: Alepi | Editor: Paulo Pincel 24/10/2017 17:00

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) a favor do pagamento do piso nacional dos professores nos estados foi elogiada pelo deputado Cícero Magalhães (PT), durante a sessão da Assembleia Legislativa nesta terbça-eira (24). Cícero lembrou que o Piauí paga o piso nacional desde que ele foi instituído, em 16 de julho de 2008, quando foi sancionada a Lei n° 11.738, que instituiu o piso salarial nacional para os profissionais do magistério público, enquanto estados tidos como mais ricos foram exatamente os que recorreram à Justiça.

Cícero Magalhães fez questão de ressaltar que foi o então presidente Lula quem encaminhou a lei, e que se os professores tiveram essa vitória foi por conta de uma boa ação de governo. Ele afirmou que é por esse tipo de ação que a classe trabalhadora tem sua preferência eleitoral.

O deputado João de Deus (PT) elogiou o orador pela abordagem do assunto e disse que o piso nacional dos professores começou a ser discutido no governo Itamar Franco, passando por Fernando Henrique Cardoso. Ele lembrou que foi o então governador de São Paulo, José Serra, quem primeiro teve a idéia de não pagar o piso.

João de Deus disse que estava no Palácio de Karnak, quando o governador Wellington Dias recebeu pedidos de governadores de estados mais ricos propondo a ação judicial, mas ele fez questão de recusar a proposta. O Piauí vem pagando regularmente o piso nacional, enquanto os estados mais ricos vão ter que pagar os valores devidamente corrigidos – frisou.

Comentários