Cidade

Carnaval de Teresina com blocos de sujo reúne foliões de todas as idades

Folia de Momo da capital arrastou milhares de foliões para as ruas da cidade
Fonte: PMT | Editor: Redação 15/02/2018 10:22

Durante cinco dias Teresina viveu dias de muita alegria com os blocos de sujo em todos os cantos da cidade. Blocos novos e tradicionais agitaram o Carnaval da capital e reuniram milhares de foliões em vários lugares.

A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC), esteve presente nos bairros, acompanhando a realização dos blocos e fiscalizando as festas com o objetivo de prestação de conta. De acordo com o presidente da Fundação, Luís Carlos Alves, todos os beneficiados pelo edital devem prestar contas. "Esse trabalho que fazemos no pré e no desenvolver do carnaval ajuda na hora da prestação de contas com os blocos. Todos eles devem prestar conta com a Prefeitura, pois aqueles que não o fizerem estarão fora do carnaval do próximo ano", disse.

A Fundação disponibilizou R$ 150 mil, dividido em três valores dentro do edital: R$ 10 mil, R$ 5 mil e R$ 1 mil. Ainda de acordo com Luís Carlos, os blocos de rua esse ano consagraram o carnaval de Teresina como sucesso.

"O que vimos foram mais pessoas nas ruas participando das festas populares. Teve bloco que reuniu cerca de 30 mil pessoas. Em todas nossas visitas, ficamos satisfeitos com a participação popular e com a segurança e estrutura apresentada nas festas", comentou.

Acompanhado do prefeito Firmino Filho, o presidente e superintende da FMC visitaram percursos em todas as zonas da cidade. Com destaque para a participação familiar, o prefeito afirma que os blocos atraem todas as idades. "A cada ano os blocos atraem mais pessoas, de todas as idades. O que se percebe também é a participação de famílias, de crianças, de foliões animados. Por mais um ano a Prefeitura, através da Fundação, acertou ao incentivar os blocos no carnaval", afirmou.

Escolas de Samba

No momento está sendo discutido um projeto para atender as demandas das escolas de samba de Teresina. A ideia inicial é realizar uma parceria público privada (PPP), onde a Prefeitura juntamente com as Escolas irão se organizar para retomar com os desfiles.

Com o objetivo de atender todos os públicos a Prefeitura lança, daqui 60 dias, o edital em apoio às escolas de samba. Segundo o superintendente da Fundação, Abiel Bonfim, o poder público visa ajudar os projetos das comunidades se as mesmas se organizarem para a realização do desfile. "As pessoas devem entender que os desfiles partem mais das agremiações carnavalescas do que da repartição pública. Nosso maior objetivo é atender todas as demandas da população, daí veio a ideia da PPP, para que as escolas profissionalizem sua organização", afirmou.

Ainda de acordo com o gestor, é importante destacar a inserção das escolas na sociedade. "Assim como em outros locais, as escolas têm que ter vida própria, festas para arrecadar fundos, para unir a sociedade, para se apresentar a população. Durante todo o ano é ano de preparação e arrecadação para o grande dia, que seria o desfile", comenta.


Tags: FMCMC, blocos, carnaval, sujo, foliões, escolas, samba

Comentários