Entretenimento

Cantora diz ter sido estuprada por Nick Carter, do Backstreet Boys: 'Era virgem'

Melissa Schuman, do grupo Dream, deu detalhes do abuso sexual em uma postagem em seu blog
Fonte: Purepeople | Editor: Redação 22/11/2017 10:09
Famosos FamososFoto: Reprodução

Uma nova denúncia de abuso sexual tomou conta de Hollywood na terça-feira (21)! Nick Carter, do Backstreet Boys, foi acusado de estuprar a cantora Melissa Schuman, do grupo Dream, depois de Ed Westwick ser acusado pelo mesmo crime e da denúncia contra Kevin Spacey, acusado de investir em um rapaz de 14 anos no passado. Em seu blog, Melissa relatou que estava no elenco do mesmo programa de TV de Carter e foi convidada para ir em sua casa em um dia de folga. Na ocasião, em 2002, a cantora tinha 18 anos e Carter, 22. Os dois começaram a se beijar, mas Melissa deixou claro que não queria ir à frente, porém o vocalista, preso por agressão em 2016, não se importou.

'EU DISSE QUE NÃO QUERIA IR EM FRENTE'

"Ele me colocou na pia do banheiro e começou a desabotoar minha camisa. Eu disse que não queria ir em frente, mas ele não ouviu, ele não ligou. Ele tirou minhas calças mesmo assim", relatou a cantora sobre o ex-namorado da socialite Paris Hilton. Melissa disse que Nick começou a fazer sexo oral nela, apesar de ela pedir que ele parasse. E, depois, o músico insistiu que ele retribuísse o gesto: "Eu fiz em você e nada mais justo que você faça em mim. Eu me senti assustada e encurralada. Ele estava visivelmente nervoso e impaciente comigo. Eu não conseguia ir embora. Então, ele colocou a minha mão no pênis dele. Meu pensamento foi que a única forma de eu conseguir sair dali seria terminar o que ele começou. Foi quando me vi ali, fazendo algo que me deixou com nojo. Me vi sendo abusada, forçada a um ato contra minha vontade".

'EU DISSE QUE EU ERA VIRGEM E NÃO QUERIA FAZER SEXO'

Cristã, Melissa era virgem e tinha planos de se guardar para o casamento. Porém, Carter não se incomodou com o pedido dela para não realizar o ato sexual. "Ele me jogou na cama e subiu em cima de mim. De novo, eu disse que eu era virgem e não queria fazer sexo. Eu disse que estava me guardando para o meu futuro marido, eu disse várias vezes, ele apenas sussurrou: 'Eu posso ser seu marido'. Ele foi insistente, não aceitou um 'não' como resposta. Ele era pesado, muito pesado para eu conseguir sair debaixo dele. Então eu senti, ele colocou algo dentro de mim. Eu perguntei o que era aquilo e ele disse: 'Sou eu, bebê'. Estava feito. A única coisa que eu tinha como virtude estava arruinada. Eu queria acreditar que era um tipo de pesadelo, que tudo não passava de um sonho ruim".

CANTORA FOI OBRIGADA A TRABALHAR COM CARTER

De acordo com Melissa, Carter ainda tentou entrar em contato, mas ela não retornou: "Ele, finalmente, deixou uma última mensagem, bem irritado, e nunca mais me ligou". Em 2004, dois anos após o episódio, os dois atuaram juntos no filme de terror "Halloween Macabro". Os dois ainda gravaram o dueto "There For Me", mas as partes foram feitas separadamente. Para finalizar, Melissa pediu que vítimas de estupro denunciem os crimes: "Nós somos mais fortes quando numerosas. Se você está lendo isso e foi abusada, saiba que você não precisa ficar em silêncio e que você não está sozinha. Eu sei que é assustador. Eu estou assustada. Eu acredito em você, eu espero que nós possamos jogar luz nesses casos que estavam escondidas por tanto tempo".

ACUSAÇÃO DE ESTUPRO MOVIMENTA AS REDES SOCIAIS

No Twitter, o nome de Nick ficou entre os Trending Topics, os assuntos mais comentados do microblog. Os internautas ficaram bastante surpresos com a denúncia. "Nick Carter está sendo acusado de estuprar Melissa Schumann quando esta tinha 18. Era virgem e por ser cristã e conservadora, desejava se manter virgem até se casar. Que nojo desse universo de Hollywood, que nojo desse ex-cantor fdp, pobre garota", criticou um. "Mano, tô muito triste. O nick carter era o homem da minha vida, crush eterno. Nossa, eu nunca fiquei tão decepcionada na vida", lamentou outro.

Comentários