Geral

Campanha contra a aftosa será lançada hoje

na Fazenda Monte Santo, na Cacimba Velha, zona rural Leste de Teresina.
Fonte: Marília Lelis/CCom 05/05/2015 09:12 - Atualizado em 13/10/2016 14:13
Febre Aftosa Febre AftosaFoto: Meio Norte
O Governo do Estado lança, nesta terça-feira (5), às 7h30, na Fazenda Monte Santo, na Cacimba Velha, zona rural Leste de Teresina. a campanha de vacinação contra a febre aftosa: “Piauí Sem Aftosa”.

De acordo com o gerente de defesa sanitária da Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi), Idílio Moura Fé, a campanha teve início no dia 01 deste mês e segue até o dia 31 de maio.O prazo para a certificação da vacina vai até o dia 15 de junho.

“Neste período o criador deve comprar a vacina nas lojas de produtos veterinários, lembrando sempre de exigir a nota fiscal. Após vacinar o rebanho, o criador deve procurar o escritório da ADAPI, onde o mesmo é cadastrado, com a nota fiscal da vacina, o CPF do criador e a quantidade de animais de responsabilidade do criador, para fazer a certificação”, explica.

Nas duas etapas da campanha, que ocorrem, respectivamente, em maio e novembro, todo rebanho de bovinos e bubalinos devem ser imunizado. O produtor rural que não comunicar ou não vacinar seu rebanho pode pagar multa que varia de acordo com a quantidade de animais.

Idílio Moura explica que existem duas classificações de zona livre da Aftosa. “Existe a certificação livre da aftosa com vacinação e livre da aftosa sem vacinação, como é o caso do estado de Santa Catarina, que já está completamente livre da doença. O Piauí e outros estados brasileiros estão livres da aftosa com vacinação. Temos que atingir a meta de no mínimo 90% de bovinos e bubalinos vacinados para continuarmos livre da Aftosa”, complementa o gerente.

O Piauí foi considerado zona livre da Aftosa em maio do ano passado pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) juntamente com Alagoas, Maranhão, Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco e a região norte do Pará.

Comentários

Matérias Relacionadas