Municípios

Câmara de Campo Maior realiza sessão solene em homenagem ao 15° BPM

O Major Etevaldo, comandante do 15° BPM, falou em nome da corporação
Fonte: Ascom Wesley Paz | Editor: Da Redação 25/10/2017 18:18
Sessão Solene Sessão SoleneFoto: Ascom

A Câmara de Vereadores de Campo Maior realizou nesta terça-feira (24/10) uma sessão solene para homenagear os oito anos de instalação do 15° Batalhão da Polícia Militar em Campo Maior. A solenidade contou com a presença de parlamentares, autoridades policiais, municipais e estaduais.

O Major Etevaldo, comandante do 15° BPM, falou em nome da corporação. Ele frisou que a criação do batalhão foi preponderante para a diminuição da criminalidade em Campo Maior e em toda região.

A redução dos crimes se deu em virtude do aumento do policiamento, segundo o comandante. “Com a criação do Batalhão, nós tivemos aqui, um efetivo que foi aumentado, depois que assumimos o comando, recebemos mais policiais. Não é só Campo Maior que foi beneficiada, mas toda a região”, disse. Etevaldo deu como exemplo a cidade de Novo Santo Antônio onde tinha apenas um policial e agora tem quatro. Ele destacou que o efetivo ainda é reduzido e precisaria o dobro.

O Presidente da Fundespi, Paulo Martins, foi o autor da Lei Complementar de 23 de outubro de 2009 que criou o Batalhão, ainda quando era Deputado Estadual. Durante a solenidade ele destacou que na época realizou vários debates nas cidades da região e citou como exemplo o município de São Miguel do Tapuio que estava sendo alvo constantes de assaltos ao Banco do Brasil. “A instalação do Batalhão criou a condição de melhorar a estrutura da policia e de buscar mais resultados”, ressaltou.

O Presidente da Câmara, Fernando Miranda, autor do requerimento que solicitou a homenagem, saudou os militares presentes e parabenizou toda a corporação pelo trabalho que vem desenvolvendo em Campo Maior e toda a região que é atendida pelo 15° Batalhão. Ele ainda convidou os presentes para a audiência pública que acontecerá nesta quinta-feira (26) para tratar da segurança pública no município.

Comentários