Economia

Caixa suspende linha de crédito mais barata para imóveis

O banco afirmou que deve receber nas próximas semanas cerca de R$ 3 bilhões para complementar os recursos da linha pró-cotista
Fonte: Folhapress | Editor: Redação 08/05/2017 14:29
Caixa Econômica Caixa EconômicaFoto: Reprodução

A Caixa Econômica Federal informou que suspendeu sua linha de crédito imobiliário com recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), a chamada linha pró-cotista.

Depois do Minha Casa, Minha Vida, a pró-cotista é a linha de empréstimo mais batata da Caixa. A linha permite o financiamento de imóveis de até R$ 950 mil nos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Nos outros Estados, o limite é de R$ 800 mil.

Segundo a Caixa, "os recursos disponíveis da modalidade atualmente são suficientes apenas para atender as propostas de financiamento já recebidas pelo banco".

O banco afirmou que deve receber nas próximas semanas cerca de R$ 3 bilhões para complementar os recursos da linha pró-cotista. A Caixa disse ainda que a falta de recursos não é relacionada ao saque de valores de contas inativas do FGTS, autorizado pelo governo Michel Temer em dezembro.

A taxa de juro da pró-cotista da Caixa para não correntistas do banco é de 8,61% ao ano.

Comentários