Polícia

Encontrada cabeça de médico esquartejado por mulher e filho

Com a localização de 90% do cadáver, buscas foram encerradas
Fonte: Noticias ao minuto | Editor: Redação 13/07/2018 08:22
Com a descoberta dessas novas partes, a Polícia Civil (PC) afirma que chegou-se à localização de cerca de 90% do cadáver da vítima Com a descoberta dessas novas partes, a Polícia Civil (PC) afirma que chegou-se à localização de cerca de 90% do cadáver da vítimaFoto: © Reprodução / Facebook

Após diversas coletas, a cabeça e o tórax do médico Denirson Paes da Silva, foram achados nesta quinta-feira (12). O corpo foi encontrado esquartejado em um poço na casa onde morava, em Aldeia, em Camaragibe, no Grande Recife. Os suspeitos pelo crime são a mulher e o filho do cardiologista, que estão presos.

Com a descoberta dessas novas partes, a Polícia Civil (PC) afirma que chegou-se à localização de cerca de 90% do cadáver da vítima e as buscas na área foram encerradas.

De acordo com o chefe da PC, Joselito Amaral, mesmo tendo encontrado quase todo o corpo do homem, o avançado estado de decomposição do corpo pode dificultar a definição da causa da morte.

Segundo os policiais, a primeira massa orgânica da vítima foi encontrada em uma superfície de 25 metros de profundidade. Já as duas novas partes estavam abaixo de areia e metralha e, por isso, as buscas passaram a ser feitas com o auxílio de uma máquina escavadora de uma empresa de perfuração de poços.

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) negou o pedido de habeas corpus protocolado pelo advogado para a liberação da esposa da vítima, Jussara Rodrigues Paes, de 54 anos, e o filho mais velho dele, Danilo Paes, de 23 anos. Eles estão presos desde o dia 5 de julho, suspeitos de homicídio e ocultação de cadáver.

Comentários