Educação

Bullying se mantém até o ensino superior

As principais vítimas dessa prática são os maus alunos que também têm desempenho ruim em atividades físicas e sociais
Fonte: UOL | Editor: Redação 26/12/2017 11:09
Bullying BullyingFoto: Grupo Violes - blogger

Bons alunos, aqueles que se saem bem nas disciplinas, tendem a não se envolver com o bullying. Por outro lado, as principais vítimas dessa prática são os maus alunos que também têm desempenho ruim em atividades físicas e sociais. Se for bem somente nestas atividades extraclasse, são grandes as chances de esse aluno praticar o bullying. Já na universidade as agressões deixam de ter relação com o desempenho escolar e tendem a diminuir.

As informações fazem parte de uma pesquisa de José Leon Crochik, 61, professor do departamento de psicologia da aprendizagem, do desenvolvimento e da personalidade do IPUSP (Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo). Cofundador do Laboratório de Estudos sobre o Preconceito da USP, do qual é coordenador, nos últimos anos ele voltou o foco para o estudo do bullying nas instituições de ensino.

A pesquisa financiada pelo CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) deu origem ao livro "Bullying, Preconceito e Desempenho Escolar: Uma Nova Perspectiva" (Benjamin Editorial, 2017). Inicialmente voltado ao ensino fundamental 2 e ensino médio, o estudo continua em andamento e será concluído em fevereiro de 2019. Nesta nova etapa, avalia o bullying em
universidades públicas --até agora, foram 731 participantes na cidade de São Paulo.

Comentários