Brasil

Brasileiro controla mais a vida online do cônjugue do que dos filhos

brasileiros conjugue controle filhos online
Fonte: maxpress 19/06/2014 22:42 - Atualizado em 17/11/2016 10:24
Uma pesquisa divulgada recentemente pela AVG Technologies, fabricante de softwares de segurança para computadores e dispositivos móveis utilizados por 187 milhões de usuários, revelou quais são as maiores preocupações dos pais no que diz respeito à vida online de seus filhos. A pesquisa, realizada em nove países, entre eles o Brasil, ouviu ainda mais de 2,5 mil crianças para entender o que elas estão fazendo online e qual sua percepção sobre os riscos da internet.


Confira abaixo os principais resultados da pesquisa:
Os pais não colocam a segurança online entre as maiores preocupações
Os pais estão mais dispostos a consultar o histórico de acessos de seus parceiros do que a monitorar o que seus filhos fazem online (42% vs. 40%).
• No Brasil, o número chega a 66% dos pais controlando a vida dos parceiros e apenas 44% analisando o histórico de acessos dos filhos.
• A segurança Online é o ultimo item no ranking de "maiores preocupações dos pais"- 38% colocaram esse item em último lugar (educação recebeu 23%), e apenas 11% dos pais pesquisados a colocaram como o item mais importante.
Segurança Online 11%
Contato com estranhos 25%
Segurança no trânsito 9%
Educação/Nível de Instrução 10%
Saúde 45%


• No Brasil, 95% dos pais já conversaram com os filhos sobre o uso da internet - 47% falam principalmente sobre o tempo de permanência online (de acordo com o que acham adequado), 45% conversam sobre o uso da internet apenas com supervisão de um adulto, e 43% já falaram sobre visitar apenas sites que foram acordados entre pais e filhos- no entanto não há nenhuma regra usada pela maioria dos pais (nenhuma opção teve mais de 50% de pontuação)
Crianças passam mais tempo online
• 42% dos pais acham que seus filhos passam tempo demais conectados (e 43% acreditam que eles passam tempo de menos em atividades offline)
• Crianças brasileiras passam mais tempo na internet (31%) do que fazendo qualquer das outras opções dadas - 25% passam mais tempo na internet e vendo TV do que com suas famílias (17% gastam quase metade da quantidade de tempo) ou jogando com seus amigos (14% - mais da metade do seu tempo)
• 23% dizem que seus filhos fazem birra quando proibidos de usar dispositivos conectados
• 9% dos pais usam smartphones e tablets como babás digitais
• A maior parte das crianças afirmou se sentir \'irritada\' ou \'triste\' quando proibidas de usar aparelhos conectados
• No Brasil, 43% das crianças disseram que são mais felizes quando passam seu tempo sozinhos na internet - menos de dois quintos queria passar seu tempo online com sua mãe (19%) ou pai (12%)
Outras estatísticas:
• A maioria esmagadora dos pais acredita que eles são os responsáveis por fazer da Internet um ambiente seguro para as crianças (64%). 11% acreditam que a responsabilidade é do governo e 7% acreditam que a responsabilidade e dos provedores de internet.
• Além de creditar a responsabilidade pela segurança online da criança aos pais, os brasileiros tendem a colocar muito dessa responsabilidade no governo, e nas ferramentas de buscas Da internet.


• A maioria dos pais acredita que aos 12 anos seus filhos saberão mais sobre internet do que eles próprios.
Metodologia: Um questionário online foi aplicado à 5.420 pais e 2.569 crianças entre 5 e 10 anos dos seguintes países: Austrália, Brasil, Canadá, República Checa, França, Alemanha, Nova Zelândia, Reino Unido e Estados Unidos. A pesquisa foi realizada usando a ferramenta Research Now e o trabalho de campo aconteceu em maio de 2014.


Sobre AVG Technologies
A AVG é uma das líderes globais em solução de segurança, protegendo mais de 177 milhões de usuários em 167 países das crescentes ameaças da web, como vírus, spam, golpes eletrônicos e de hackers na Internet. A AVG tem quase 20 anos de experiência em combater o cibercrime e possui um dos mais avançados laboratórios para detecção, apreensão e combate a ameaças na Internet. O seu software gratuito, que pode ser baixado na Internet, permite que usuários iniciantes tenham proteção básica e, com baixos custos, evoluam para maiores níveis de proteção e satisfação. A AVG possui cerca de seis mil revendas, distribuidores e parceiros em todos os lugares do mundo, incluindo Amazon.com, CNET, Cisco, Ingram Micro, Wal-Mart, e Yahoo! No Brasil, a Winco é a distribuidora exclusiva das soluções da fabricante. Baixe gratuitamente o primeio eBook da AVG no Brasil, sobre privacidade de crianças e jov ens na Internet pelo link: www.avgbrasil.com.br/proteja-nossas-criancas.

Comentários

Matérias Relacionadas