Saúde

Psicóloga alerta sobre riscos da repercussão de "desafios"

Família deve ficar atenta a sinais de que os filhos participam desses desafios na internet
Fonte: AI Comunicação | Editor: Da Redação 20/03/2019 14:48
Alana Psicológa Alana PsicológaFoto: Ai Comunicação

Pais de todo o mundo ficaram desesperados com a informação do 'ressurgimento' da Momo. A boneca viralizou em grupos de Whatsapp no ano passado, disseminando um desafio em que a fase final era o enforcamento, em ação similar ao jogo baleia azul.

Agora, a boneca está invadindo vídeos infantis, interrompendo cenas de crianças brincando para repassar instruções de como se matar cortando os próprios pulsos e como usar objetos cortantes para atacar familiares.

Diante disso, a psicóloga do Hapvida Teresina, Alana Campelo, orienta os pais quanto aos sinais de que os filhos estão participando de desafios do tipo da boneca.

Medo, alteração de humor e isolamento são os principais indicativos. "Os filhos dão sinais de alerta e os pais devem ficar atentos a esses sinais, geralmente ocorre que os filhos passam muito tempo conectados na internet gerando um isolamento do convívio familiar, nesse tipo de desafio em específico, as crianças mudam de comportamento, ficam mais temerosas e tem alteração de humor", sinaliza.


Além disso, a especialista ressalta a importância da supervisão dos responsáveis sobre o que os filhos estão acessando na internet.

"Tem que conversar abertamente e mostrar os perigos, além de orientar, para que não repasse nenhuma informação pessoal, dados pessoais, onde mora, e se os pais perceberem que não conseguem lidar sozinhos com essa relação, é necessário e muito importante a busca de um profissional para ajudar essas crianças e adolescentes", afirma.

Comentários