Política

BNDES terá representação em Teresina até abril

Presidente do BNDES, Paulo Rabello se reuniu com vários prefeitos na APPM
Fonte: PMT/Assessorias | Editor: Paulo Pincel 23/02/2018 13:53
Reunião na sede da APPM em Teresina com o presidente do BNDES Reunião na sede da APPM em Teresina com o presidente do BNDESFoto: PMT

Linhas de financiamentos e investimentos no setor de energia elétrica foram tratados nesta sexta-feira (23), em reunião na APPM, com a presença do prefeito de Teresina, Firmino Filho; o presidente do BNDES, Paulo Rabello, e vários prefeitos do interior do estado.

O prefeito Firmino Filho ressaltou que estava satisfeito com a presença do presidente porque descentraliza ações que costumam ser voltadas para os grandes centros. “É importante esse encontro para alavancar os nossos projetos e dar passos seguintes para alavancar recursos com o objetivo de melhorar a qualidade de vida”, diz.

Ao todo o BNDES disponibiliza sete linhas de investimentos para Teresina e os municípios piauienses para projetos de mobilidade urbana, iluminação, saneamento com ênfase em políticas de resíduos sólidos, turismo e titulação fundiária.

Paulo Rabello, anunciou que Teresina terá representação do BNDES nos próximos 60 dias. “Será uma gerência e se faz necessária para estar à disposição dos prefeitos e empresários”, disse.

Como vai ser

O BNDES vai brir uUma linha de financiamento para acabar com as gambiarras elétricas nos municípios, num entendimento com a Eletrobras e o Banco do Nordeste (BNB). O empréstimo será feito por meio do município que deve repassar os valores para a Eletrobras executar as ações.

Os municípios pagam o financiamento junto ao banco e a Eletrobras fará o desconto do valor equivalente às parcelas nas contas mensais de energia de cada município.

Para isso, serão necessários entre R$ 150 milhões a R$ 200 milhões para acabar com as gambiarras, com o argumento de que vai aumentar a eficiência energética, reduzir a sonegação junto a Eletrobras, e ainda vai poder melhorar a arrecadação de ICMS, que tem parte redistribuída entre os municípios.

Almoço

Logo após a reunião na APPM, o presidente do BNDES participou de almoço com empresários e prefeitos na sede da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (Fiepi).

Comentários