Municípios

BNB recebe prédio em Teresina e lança projeto de Centro Cultural

Piauí Hoje
Fonte: Assessoria 14/01/2010 00:00 - Atualizado em 27/10/2016 04:19
O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e a Superintendência do Patrimônio da União no Estado do Piauí assinam, na próxima segunda-feira, 18, contrato de cessão de uso do imóvel que sediará o Centro Cultural do BNB em Teresina (CCBNB-THE). O evento será realizado no Palácio de Karnak, às 17:00h, e contará com a presença de autoridades como o ministro interino da Cultura, Alfredo Manevy, o governador Wellington Dias, o presidente do BNB Roberto Smith e a presidente da Fundação de Cultura do Piauí (Fundac) Sônia Terra. Com a cessão do imóvel - um antigo prédio do INSS, desativado há quatro anos-, o BNB se responsabilizará por todas as benfeitorias e intervenções estruturais previstas para a implantação do novo centro cultural. O equipamento oferecerá acesso gratuito a bens e serviços culturais, como teatro, cinema, biblioteca, espaço para exposições e oficinas de arte, a exemplo do que ocorre nos demais centros que o Banco mantém nas cidades de Fortaleza, Juazeiro do Norte (CE) e Sousa (PB). De acordo com o titular do Ambiente de Gestão da Cultura do BNB, Henilton Menezes, para definição do programa a ser implantado no CCBNB-THE, a proposta será discutida ainda com todos os segmentos da sociedade piauiense, a começar pela classe artística. "A ação que o Centro Cultural Banco do Nordeste vai promover na região não se limitará as que ocorrerão naquele edifício \'símbolo\'. Queremos que a classe artística do Piauí possa se desenvolver de maneira adequada e possa ser reconhecida pela sociedade como algo que os representa", afirmou. Apresentações e ato festivo A programação do evento inclui, além da solenidade de assinatura do contrato, pela superintendente do Patrimônio da União no Estado do Piauí, Ana Célia Coelho Veras, e pelo presidente do BNB, Roberto Smith, palestras sobre o novo espaço e ato festivo com artistas locais. José Capelo Filho, arquiteto responsável pelo projeto de adaptação do prédio, apresentará maquete eletrônica com detalhes sobre a nova estrutura, enquanto Henilton Menezes abordará os conceitos que norteiam os centros culturais do BNB, cujas principais características são a formação de plateias e desenvolvimento profissional da classe artística. Após as palestras, um cortejo formado por autoridades e artistas se dirigirá à sede do prédio na Rua David Caldas e em seguida para a Praça Pedro II, onde será montado palco para apresentação de artistas locais. Estão previstas exibições de tradicionais grupos folclóricos, como o Calunga - de teatro de bonecos -, os afros Ijexá, Coisa de Nêgo e Maravi, além de performances circenses e show com cantores locais. A ideia é que os artistas saúdem o projeto do novo centro, que promete transformar Teresina em um palco de manifestações artísticas, valorizando a cultura local, e integrando-a a expressões culturais de outras origens e inserindo a cidade no circuito dos Centros Culturais do Banco.

Comentários