Polícia

Barêtta confirma morte de Camila Abreu: confira o vídeo!

Corpo da estudante continua desaparecido e namorado é o principal suspeito
Fonte: Paulo Pincel | Editor: Alinny Maria 31/10/2017 08:20
Delegado Francisco Costa, o "Barêtta" Delegado Francisco Costa, o "Barêtta"Foto: Paulo Pincel

O coordenador da Delegacia de Homicídios da Polícia Civil do Piauí, delegado Francisco Costa, o Barêtta, confirmou nesta terça-feira (31), que a estudante de Direito Camilla Pereira de Abreu, de 22 anos, desaparecida desde a madrugada de quinta-feira (26), em Teresina, foi assassinada. Segundo Barêtta, o corpo continua desaparecido.

Em entrevista ao portal PIAUIHOJE.COM , no começo da manhã de hoje, Barêtta afirmou que 90% do caso está esclarecido, inclusive com provas que apontam para os crimes de homicídio, ocultação de cadáver e tentativa de destruição de provas.

O delegado não repassou detalhes sobre o caso e nem sobre a autoria do crime para não prejudicar a conclusão do inquérito, mas as investigações avançaram bastante nas últimas 24 horas, e que hoje à tarde ou até amanhã deverá estar com o inquérito concluído e a autoria do homicídio confirmada.

O delegado adiantou muito pouco sobre o inquérito, mas já há indícios suficientes para pedir a prisão preventiva do capitão-PM Allisson Wattson da Silva Nascimento, namorado de Camila, por homicídio qualificado.

Barêtta explicou que os inquéritos policiais que apuram os crimes de homicídio precisam ser bem elaborados, com todo o cuidado para não dar brecha para a defesa dos acusados, até porque a sociedade não aguenta mais tanta impunidade.

Ontem (30), uma testemunha, que seria um lavador de carro, contou à polícia que o capitão apareceu no posto de lavagem com manchas de sangue no interior do veículo.

Comentários