Esportes

Barcelona se livra de denúncia e continua na Copa do Rei

Nesta sexta-feira, a Federação Espanhola confirmou a classificação sobre o Levante
Fonte: ESPN | Editor: Redação 18/01/2019 14:25
Barcelona BarcelonaFoto: VDR Bandeiras

O Barcelona está mesmo nas quartas de final da Copa do Rei. Nesta sexta-feira, a Federação Espanhola confirmou a classificação sobre o Levante, apesar da suposta escalação irregular do zagueiro Juan Brandariz Movilla, o Chumi. No entendimento da juíza Carmen Pérez, a denúncia apresentada pelo Levante não cumpriu o prazo previsto em regulamento e, portanto, foi desconsiderada.

"A juíza única de Competições, Carmen Pérez, considera de acordo com o regulamento vigente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) que a denúncia apresentada pelo Levante às 9h33 desta sexta foi recebida fora do prazo regulamentar estabelecido", diz o comunicado.

Chumi, como é conhecido, foi titular na derrota dos catalães para o time de Valência por 2 a 1, pela ida das oitavas de final da Copa do Rei, e atuou até os 13 minutos do segundo tempo, quando acabou substituído por Lenglet. Ele recebeu cartão amarelo aos 43 da primeira etapa. Atual tetracampeão da Copa do Rei, o time 'blaugrana' corria o risco de ser excluído da competição. Foi o que aconteceu com o Real Madrid há três temporadas devido à escalação irregular do meia russo Denis Cheryshev.

Apesar do revés no confronto de ida, o Barcelona eliminou o Levante nesta quinta-feira, após vitória por 3 a 0, em jogo disputado no Camp Nou. O técnico do clube catalão, Ernesto Valverde, disse estar convencido de que não houve nenhuma irregularidade na escalação de Movilla no primeiro duelo entre as duas equipes.

"Não houve nenhuma dúvida na escalação dele. Pensamos que foi o correto e que merecemos estar no sorteio (das quartas de final). Não temos nenhuma dúvida agora, nem tínhamos na partida de ida, nem durante nem depois", afirmou Valverde em entrevista coletiva.

A justificativa que o Levante utilizou para pedir a eliminação do Barcelona é que o zagueiro havia recebido uma punição pela equipe B do clube catalão. O Comitê de Competição da Espanha havia suspendido o defensor de 19 anos por acúmulo de amarelos levados pelo Barça B. Nesses casos, segundo o artigo 56.3 do código disciplinar, quando se tratar de jogadores que puderem ser escalados em outras equipes, a suspensão é extensiva. Mas Valverde respondeu que, por esse motivo, não o relacionou para o último jogo do Campeonato Espanhol.

"Estamos convencidos que atuamos corretamente, que ganhamos onde deveríamos ganhar. As normas estão aí, o regulamento. Está tudo muito claro", declarou o treinador. O sorteio das quartas de final da Copa do Rei será realizado na tarde de sexta-feira.

Comentários

Matérias Relacionadas