Municípios

Balão da empresa Google cai pela 3ª vez no interior do Piauí; polícia investiga

Fonte: Redação | Editor: Alinny Maria 08/05/2017 12:31
Balão do Projeto Loon cai no interior do Piauí Balão do Projeto Loon cai no interior do PiauíFoto: Divulgação/Polícia Civil

Pela terceira vez o balão do Projeto Loon que pertence ao Laboratório 'X' da holding Alphabet, que também é proprietária da a empresa Google, caiu na região de Campo Maior. Desta vez, o objeto caiu no povoado Água Branca, a 78 km de Teresina, na tarde desse domingo (7).

Devido aos três casos de queda do balão registrados somente neste ano na região, a Polícia Civil resolveu investigar a segurança do equipamento. Segundo o delegado Anchieta Nery, da 5ª Delegacia Regional de Campo Maior, a investigação preliminar é para revelar quais os motivos das quedas do equipamento.

Apesar de nunca ter causado nenhum dano à população, o delegado quer entender porque os balões caem constantemente na região, e verificar junto à empresa qual a segurança dos pousos, se a empresa realmente tem condições de controlar o equipamento a fim de evitar um dano maior.

A equipe de terceirizados contratados pela 'X' informou a Polícia Civil do Piauí que os pousos são programados e assistidos por equipe técnica que pode controlar o equipamento e que o balão pousou fora do local programado devido a fatores como vento e chuva.

A primeira queda do balão na região de Campo Maior ocorreu em fevereiro deste ano, na localidade Santana, na zona rural do município de Buriti dos Montes. Os moradores ficaram assustados por nunca terem visto algo como o equipamento.

Já no dia 5 de abril, outro balão caiu na localidade Santa Rosa, a 30 km da zona urbana. E nesse domingo, o balão caiu na comunidade Água Fria, em Campo Maior.

Projeto Loon

O Projeto Loon é uma rede de balões que voam em uma altitude duas vezes maior àquela em que operam os aviões comerciais. Os balões podem enviar sinais de acesso à internet para o solo. De modo geral, o projeto tem como finalidade conectar pessoas em áreas rurais e remotas, além de ajudar a preencher falhas de cobertura.

Vale ressaltar que desde 2014 a Google realiza testes em Teresina e Campo Maior.

Comentários