Esportes

Bahia goleia o Altos por 5x0 no Albertão em Teresina

O Bahia volta a campo na quarta-feira contra o Santa Cruz-RN
Fonte: Reprodução 03/03/2019 06:00
Jogadores do Bahia comemoram mais um gol contra o Altos Jogadores do Bahia comemoram mais um gol contra o AltosFoto: Vianey Moura/Bahia

O Bahia precisava vencer para entrar no G4 da Copa do Nordeste e também para retomar o rumo após uma sequência de atuações que deixaram a desejar. Pois fez direitinho a lição: goleou o Altos por 5x0 no estádio Albertão, em Teresina, e subiu para o segundo lugar do grupo B, agora com nove pontos. O líder é o Ceará, que venceu o Sergipe por 1x0 e tem 11. A sequência da quinta rodada acontece no dia 7, e o Bahia pode cair até a quinta posição novamente.

O tricolor começou o jogo em ritmo lento, a ponto de não dar um chute a gol nos primeiros 20 minutos, mas não precisou aumentar muito a marcha para construir a vitória. A eficiência deu o tom da goleada.

O lance do primeiro gol, aos 25 minutos, foi emblemático. Élber já tinha sido acionado duas vezes na ponta direita. Em ambas, infiltrou bem, mas perdeu a bola ao tentar o drible. Na terceira ele mudou o roteiro, e isso fez toda a diferença. O camisa 7 recebeu passe de Flávio e, em vez de correr, levantou a cabeça e cruzou de primeira para a área, rasteiro. Gilberto estava de prontidão e fez um golaço, de letra. O décimo gol dele em dez jogos no ano.

O Altos não assustava, o que deixava a partida sob controle do Esquadrão. E quando Moisés cruzou na cabeça do centroavante, o braço aberto de Tiaguinho resultou em pênalti. Gilberto cobrou, fez o 11º dele na temporada e 2x0 para o Bahia no jogo, aos 42 minutos.

Com a vantagem, o time baiano tocou o segundo tempo em ritmo de treino. No intervalo, Arthur Cayke - titular porque Artur foi vetado devido a uma virose – sentiu uma contusão leve na coxa e foi substituído por Iago.

O Altos precisava atacar, mas não demonstrava força suficiente para ameaçar os três pontos. E o tricolor aproveitou para transformar em goleada. Élber recebeu um ótimo lançamento de Lucas Fonseca e saiu na cara do goleiro Fernando Henrique para bater de chapa e fazer 3x0 aos 18 minutos.

Já com Shaylon no lugar de Ramires, o quarto gol também foi fruto de uma assistência primorosa. O canhoto achou Caíque por trás do zagueiro. O garoto, que havia acabado de entrar no lugar de Gilberto, tocou na saída do goleiro e marcou o quarto.

Aos 41, Shaylon tabelou com Douglas Augusto e fechou a goleada do jeito que ela começou: com um golaço. O meia driblou Fernando Henrique com o pé esquerdo e tocou para o gol vazio com o direito.

O Bahia volta a campo na Quarta-feira de Cinzas (6), quando enfrenta o Santa Cruz-RN, pela segunda fase da Copa do Brasil. A partida será na Arena das Dunas, em Natal, e quem vencer se classifica. Em caso de empate, a decisão será nos pênaltis. Depois, o Esquadrão encara o Vitória em clássico pelo Campeonato Baiano no dia 10 de março. Só volta a jogar pela Copa do Nordeste no dia 13, contra o Sergipe.

Comentários