Cidade

Avenida da zona Leste ganha 30 novas árvores e recuperação do canteiro central

Novas árvores substituem os antigos bambus que não resistiram ao período mais quente do ano
Fonte: PMT | Editor: Redação 04/12/2017 14:10
Foto FotoFoto: Reprodução

A avenida Universitária, uma das principais vias da zona Leste, teve 30 novas mudas da espécie ipê e caneleiro, árvores nativas símbolos da flora da cidade, plantadas no último final de semana. Além da ação de arborização, a via terá seu canteiro central recuperado.

“Ao todo foram 10 mudas do ipê rosa, 10 do ipê roxo e 10 do caneleiro. Esperamos para iniciar a ação neste mês de novembro, pois as chuvas desse período vão ajudar bastante”, contou Renato Lopes, gerente de serviços urbanos da Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU Leste). O plantio aconteceu na última sexta-feira (31) e, no momento, segue em fase de execução a recuperação da via.

Antes do plantio, a Superintendência realizou um estudo na região sobre a árvore que melhor se adapta às condições climáticas. “Depois de uma análise técnica, chegamos a conclusão de que o bambu não é a espécie ideal para esse local, pois ele sobrevive melhor em locais com água abundante. O melhor lugar para se plantar essa espécie é próximo a rios ou riachos. Logo, no período quente e sem chuvas, os bambus sofriam muito”, explicou o gerente.

Arborização de vias da zona Leste

Nos últimos meses, a Coordenação de Arborização da Prefeitura de Teresina realizou o plantio de mais de 500 novas mudas de ipê amarelo, ipê roxo, ipê branco, caneleiro e pau d'água, em vias como Raul Lopes, João XXIII, Nossa Senhora de Fátima, entre outras.

De acordo com Clóvis Freitas Júnior, coordenador de arborização do município, a ação faz parte do Plano de Arborização e do Programa Teresina Mais Verde. O coordenador também informa que os trabalhos acontecem em parceria com a SDU Leste. “A Superintendência faz a limpeza da área que vai receber a arborização, retirando as árvores mortas. Então nossos técnicos fazem as covas e realizam os plantios”, disse.

Comentários