Polícia

Amigos lamentam a morte de Samuel; veja o vídeo!

“Um homicídio covarde", lamentou o coronel-PM Márcio OIiveira
Fonte: Paulo Pincel 02/02/2019 13:14
Coronel-PM Márcio Oliveira Coronel-PM Márcio OliveiraFoto: PM

Autoridades e amigos de corporação manifestaram o pesar pela morte do cabo da Polícia Militar do Piauí, Samuel Borges, assassinado no começo da manhã de sexta-feira (1/2), com três tiros de pistola na cabeça, pelo policial militar Francisco Ribeiro dos Santos. Samuel foi morto pelas costa na frente do filho de 8 anos, próximo da escola do menino, após uma discussão de trânsito.

"O Governo do Estado manifesta profundo pesar pelo falecimento de Samuel de Sousa Borges, nesta sexta-feira (1°). Samuel era cabo da Polícia Militar do Piauí e, atualmente, estava lotado na vice-governadoria, Neste momento de luto, o Governo do Estado do Piauí presta condolências aos familiares, amigos e à sociedade piauiense", diz a nota de pesar do Governo do Estado.

“É com profunda tristeza que recebemos a notícia do falecimento do cabo da Polícia Militar (PM-PI) Samuel de Sousa Borges. Tive a honra de conhecer o cabo e nos tornamos amigos no Batalhão de Rondas Ostensivas de Natureza Especial. Que Deus nesse momento de dor possa conceder força aos familiares e amigos”, escreveu o deputado federal Fábio Abreu, que é oficial da PM.

“Um homicídio covarde, porque ele não teve condições de reagir, tendo em vista que foi atingido pelas costas. Estava com sua arma coldreada (no coldre). O que nós esperamos e temos muita fé é que aqui na terra a justiça dos homens se faça plenamente, que o criminoso responda pela gravidade do crime”, defendeu o coronel Márcio Oliveira, coordenador Geral de Operações da PM-PI

Márcio Oliveira ressaltou que Samuel Borges era um policial militar muito querido entre todos da PM. “Ele era corajoso, compromissado com seu ideal de vida, que de todo policial militar é servir e proteger a sociedade. Aquele homem voluntário para as missões mais difíceis. Carreira brilhante na Polícia Militar, passou pela Rone por sete anos, passou pela Força Nacional, onde foi condecorado. Passou ainda pelo Choque Montado da Cavalaria e recentemente havia sido convocado, por todas essas qualidades, para servir na segurança da vice-governadoria”, ressaltou o coronel, visivelmente emocionado.

Os amigos de falculdade também homenagearam o cabo-PM Samuel Borges, que se formaria em Nutrição no dia em que foi executado pelas costas por outro PM. Samuel era muito querio entre os estudantes da universidade Uninovafapi.

Nota

O secretário de Estado da Segurança Pública, coronel-PM Rubens Pereira, também divulgou nota ressaltando o comportamento exemplar do cabo.

“A Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI) lamenta profundamente a morte do cabo da Polícia Militar Samuel de Sousa Borges, vítima de homicídio na tarde desta sexta-feira (01). O Cabo Samuel Borges destacou-se na corporação pela disciplina, coragem, pela inteira devoção ao serviço, exemplo para seus pares e admiração de seus superiores, merecendo o reconhecimento da sociedade que sempre defendeu. Neste momento de dor, os que fazem a SSP-PI se solidarizam com seus familiares e amigos e reafirmam que todos os esforços serão feitos para que o crime seja elucidado o mais rápido possível. Cel. Rubens Pereira Secretário de Segurança do Piauí”.

Comando

O comandante-geral da Polícia Militar do Piauí, coronel Lindomar Castilho também manifestou pesar pela morte do PM. “O Comandante Geral da Polícia Militar do Piauí lamenta o fim trágico de uma aparente discussão de trânsito que levou à morte o CB PMPI Samuel de Sousa Borges, vítima de disparo de arma de fogo, no início da tarde desta sexta-feira (01). Ingresso na Corporação em 2008 (CFSD), CB Borges, policial militar operacional, serviu vários anos no Batalhão Rone, onde prestou relevantes serviços à sociedade piauiense, e atualmente trabalhava na 4ª companhia do Batalhão de Guardas”

Comentários